terça-feira, 30 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 30 de Abril de 1935

Apesar do imenso cuidado posto na recolha de elementos, este é um daqueles casos em que a informação que publicamos carece de confirmação. Segundo o recorte do jornal O Templário que publicamos, e fazendo as contas à data de publicação, completar-se-iam hoje 78 anos sobre a data de fundação do Grupo Desportivo da Matrena, saudoso clube de futebol que chegou a dar cartas na 3ª Divisão Nacional e na Taça de Portugal.
Acontece que a generalidade das referências encontradas na internet referem a fundação em 1937. Mas esse deve ser provavelmente um erro replicado, até porque aparece também, geralmente, o ano de 1997 como o da extinção do clube, quando este recorte, de 1995, comprova o contrário, uma vez que se refere já ao GD Matrena como encerrado.
Como o objectivo deste blogue é chegar à verdade histórica, aceitam-se e incentivam-se todos os contributos para o seu esclarecimento.



segunda-feira, 29 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 29 de Abril de 1928

Foi a 29 de Abril de 1928, dez anos depois da escola primária, que a Linhaceira inaugurou, em frente ao estabelecimento de ensino, numa zona então quase erma, a sua primeira capela.
A festa, que se estendeu por três dias, até 1 de Maio, começou com a ida à Quinta de Cima, onde foram benzidas as imagens de Nossa Senhora do Conforto dos Aflitos e de S. Sebastião, seguindo-se uma procissão dali até à Linhaceira, acompanhada pela Filarmónica do Outeiro Grande.
A inauguração da capela ocorreu por volta das 13 horas, seguida de missa e de um sermão pelo padre Jaime Afonso Boavida, do Colégio das Missões de Tomar. Seguiram-se arraial, baile e divertimentos, tendo havido à noite fogo de artifício e, às 24 horas, subido "ao ar um lindo balão", segundo o programa.

A capela da Linhaceira na primeira metade do século XX - foto cedida por António Sousa Garcia

domingo, 28 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 28 de Abril de 2007

No dia 28 de Abril de 2007, o Rancho Folclórico de Linhaceira organizou a terceira edição da Mostra do Fado e dos Instrumentos Tradicionais.
Foi mais uma das muitas iniciativas deste agrupamento etnográfico, que trouxe à Linhaceira, entre outros grupos, a reconhecida Orquestra de Harmónicas de Ponte de Sôr.

sábado, 27 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 27 de Abril de 1950

Faz hoje 63 anos que foi inaugurada a segunda escola primária da Linhaceira, onde actualmente funciona o ATL.
Foi no dia 27 de Abril de 1950, exactamente um ano depois da escola de Santa Cita, mas não por acaso. Era nessa data que se celebrava a chegada de Salazar ao poder, que o regime de então fazia questão de lembrar de forma evidente e ostentatória aos cidadãos.
Apesar das razões para a escolha da data não serem as melhores, para a Linhaceira foi um dia de festa extraordinário, como se pode ler no livro "Linhaceira e as suas escolas" de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes, onde se conta todo o processo que conduziu a essa inauguração, mas como se constata também pelas fotografias cedidas por Maurício Alves e incluídas nesse mesmo livro que retratam o acontecimento.
"Eram precisamente 17 horas e 30 minutos", sublinha o jornal Cidade de Tomar, quando a comitiva encabeçada pelo presidente da Câmara de então, à época ainda major, Fernando de Oliveira, chegou às imediações do novo edifício, num dia em que foram igualmente inauguradas as escolas de Francos (Beselga), da vizinha Portela de S. Pedro e de Paialvo.
Desactivada para o ensino há dez anos, com o fim da EBM, a antiga escola foi rapidamente recolocada ao serviço dos alunos, funcionando como ATL e refeitório.




sexta-feira, 26 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 25 de Abril de 1995

No dia 25 de Abril de 1995, a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Asseiceira realizou mais uma edição da sua Festa do Idoso. Ainda faltava uma década para a criação do Centro Social Paroquial vir preencher uma lacuna da freguesia na atenção à população sénior, pelo que estes momentos de convívio eram cruciais.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Os dias do concelho: 24 de Abril de 1838

Recentemente extinto o concelho de Asseiceira, os lavradores e rendeiros da freguesia foram já atingidos pela postura da Câmara de Tomar que, "achando-se no abandono", foi decidido pôr em execução na reunião de 24 de Abril de 1838.
Referia-se essa postura à "extinção de pardais e outros pássaros daninhos que tanto prejuízo causam às searas, pomares e hortas", sendo todos os lavradores obrigados a entregarem anualmente aos juízes eleitos das respectivas freguesias, "10 cabeças das mencionadas aves" ou "6 cabeças e 1 toupeira, visto que este réptil (sic) é muito prejudicial às hortas", números que baixavam para "6 cabeças" ou "3 e uma toupeira" no caso de proprietários e rendeiros.
A verdade é que a postura, que hoje nos parece absurda, já há duzentos anos não deve ter sido fácil de implementar, pois um ano depois, em reunião de 4 de Junho, a Câmara voltava a insistir para que a mesma fosse posta em prática.



In Anais do Município de Tomar, volume 1801-1839, coligido por Amorim Rosa

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Cronologia da Linhaceira - Os dias de Março

Concluído o primeiro mês de visibilidade pública da Biblioteca de Temas Linhaceirenses, podemos suspirar de alívio. Está terminada a segunda etapa (um mês inteiro de publicações diárias que ajudam a compilar a nossa História), depois da primeira que foi o lançamento do livro "Linhaceira e as suas escolas".
As reacções ao livro demonstram que valeu a pena todo o trabalho que deu. A adesão que este blogue está igualmente a ter, prova que também este tarefa tem toda a validade, por muito empenho e dedicação que implique.
Por isso, enquanto houver capacidade (porque documentos não faltam) vamos continuar esta tarefa diária.
Para ajudar a arrumar os acontecimentos, faremos sínteses regulares. Esta é a primeira, com a cronologia das efemérides que assinalámos em Março:

24 de Março de 1913 - Primeira deliberação da Câmara de Tomar de criação de uma escola na Linhaceira.

27 de Março de 1915 - Câmara concede autorização para que o professor António Augusto Ferreira fosse autorizado a dar aulas em Santa Cita  fora das horas de serviço.

28 de Março de 1954 - Jornal Cidade de Tomar refere construção do largo da capela velha da Linhaceira.

28 de Março de 1954 - Jornal Cidade de Tomar noticia prejuízos causados pelas cheias nos terrenos ribeirinhos da Cerejeira e Foz do Rio.

28 de Março de 1954 - Jornal Cidade de Tomar dá conta de obras no antigo edifício que servia como posto escolar da Cerejeira.

26 de Março de 1977 - Visita à igreja matriz de Asseiceira da Comissão Diocesana das Novas Igrejas, com vista a analisar as obras de restauro e ampliação.

25 de Março de 2011 - Término das inscrições para a XVI Caminhada da ACR Linhaceira.

31 de Março de 2012 - O contador de histórias linhaceirense Filipe Lopes concluía em Bruges, na Bélgica, a sua primeira digressão por vários países da Europa.

foto inédita - Fonte do Cigano, Linhaceira, anos noventa (Nuno Garcia Lopes)

Os dias da Linhaceira: 24 de Abril de 1995

Na véspera do 21º aniversário do 25 de Abril, a Comissão para a Criação da Freguesia de Linhaceira apresentou à comunicação social o processo já elaborado e entregue aos membros da Junta e da Assembleia de Freguesia de Asseiceira.
Viviam-se momentos de euforia, com 700 assinaturas a subscreverem o documento que pedia a criação da nova freguesia, entre as quais a da maioria dos elementos da referida Assembleia, documento esse que cumpria todos os requisitos legais.
A demanda acabaria por não chegar a bom porto mas serviu para um debate aprofundado sobre as especificidades locais, como se depreende da leitura da reportagem publicada no jornal O Templário..
Recorde-se que, apesar de estar hoje em curso o processo de agregação de freguesias, só a Linhaceira tem actualmente mais habitantes que 30 sedes de concelho (ver livro "Linhaceira e as suas escolas").


terça-feira, 23 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 23 de Abril de 1909

O ano de 1909 foi marcado por duas ocorrências naturais de dimensões absolutamente fora do comum: um terramoto que assolou o Ribatejo em 23 de Abril e a maior cheia dos últimos 150 anos no rio Nabão, a 22 de Dezembro, em que a água subiu quase um metro dentro da Fábrica de Papel da Matrena.
Embora não tenha provocado vítimas nem danos de vulto no concelho de Tomar, aquele tremor de terra é considerado o mais violento ocorrido em Portugal no século XX, tendo devastado quase por completo os aglomerados de Benavente, Samora Correia e Santo Estevão e provocado cerca de 40 mortos e 70 feridos.
A hora da ocorrência, pouco depois das 17, terá sido, apesar de tudo, uma sorte para a maior parte da população, que se encontrava a trabalhar nos campos.
Das memórias transmitidas pelos nossos avós, ressoa ainda a forma como o sismo foi sentido na Linhaceira. Começou por se ouvir um ronco, que julgaram ser o ruído dos motores dos raros camiões que então havia, mas em breve viram o estremecimento das árvores. Abandonando as hortas a caminho de casa, assistiram a um "espectáculo" raro: o tremer da terra avançando pelas colinas.
Dos dados recolhidos nos "Anais do Município de Tomar" ressalta o susto dos habitantes do concelho e a onda de solidariedade que se seguiu.
As imagens, oriundas do Museu Municipal de Benavente, dão conta da violência da catástrofe.



segunda-feira, 22 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 22 de Abril de 1912

As tentativas de secessão dentro da freguesia de Asseiceira não ocorreram apenas nos últimos vinte anos, nem tiveram sempre como epicentro a Linhaceira. Em meados do século passado, foi Santa Cita a querer a separação. E, faz hoje 101 anos, era a própria Câmara Municipal de Tomar a requerer à Comissão Paroquial (equivalente à Junta de Freguesia) que a esclarecesse, pois que lhe constara que "no concelho da Barquinha se pretende promover a desanexação de alguns lugares dos Casais da Roda, pertencentes à freguesia de Asseiceira".


In Anais do Município de Tomar, 1901-1925, coligidos por Amorim Rosa

domingo, 21 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 21 de Abril de 1954

O conteúdo do texto escrito presumivelmente por Manuel Martins Cobra em 21 de Abril de 1954, isto é, há pouco mais de meio século, e publicado no jornal Cidade de Tomar, parece-nos hoje quase incompreensível, mas é a pura verdade. Naquele ano, foram colocados telefones em Santa Cita e Asseiceira, mas na Linhaceira, e no resto da freguesia, continuava a não existir sequer um posto público, muito menos telefones particulares "pois de forma alguma aspiramos a dotar as nossas habitações com telefones privativos".



In Memória Digital de Thomar.

sábado, 20 de abril de 2013

Concurso começa às 00h00

A Biblioteca de Temas Linhaceirenses vai celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, a 23 de Abril, e o seu primeiro mês de vida, a 24, com um concurso que começa às 00h00 de amanhã, e que   oferece cinco livros, a sortear entre os participantes de acordo com o seguinte:
Os participantes devem aceder ao blogue, em http://bibliotecalinhaceira.blogspot.pt entre os dias 21 e 27 de Abril, inscreverem-se em seguir por e-mail ou em subscrever mensagens e responder às seguintes questões, tratadas nas mensagens publicadas desde 24 de Março:
1 – Qual é o primeiro nome que se conhece para a Linhaceira?
2 – Qual foi a aldeia que acolheu todas as mesas de voto da freguesia de Asseiceira nas primeiras eleições livres, em 1975?
3 – Em que ano os jornais nacionais chamavam a atenção para a necessidade de obras urgentes na Estrada Nacional 358-1?
As respostas devem ser enviadas para o e-mail apaeli@gmail.com a partir das 00h00 de dia 21 de Abril e até às 23h59 de dia 27 de Abril.
Entre todos aqueles que tiverem acertado nas três respostas serão posteriormente sorteados um exemplar do livro “Linhaceira e as suas escolas” e quatro exemplares do livro “O dia em que choveu pétalas”, conto para crianças baseado na lenda de Santa Iria, publicado também na Linhaceira, pela Associação de Pais e Amigos das Escolas locais.


Os dias da Linhaceira: 20 de Abril de 1979

Recentemente constituída, a Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira não deixou de comemorar o 25 de Abril nos seus primeiros anos.
No dia 20 de Abril de 1979, o jornal Cidade de Tomar dava conta das comemorações desse ano, que constavam de um vasto leque de actividades. Durante a manhã houve pintura, modelagem, xadrez, damas e outros jogos, e ainda "robertos" (fantoches, para quem não se lembra) para os mais pequenos. Seguiu-se um piquenique, tendo a tarde sido marcada pela apresentação do Núcleo de Luta Livre Infantil da Associação e uma corrida de atletismo. À noite, houve música mas também intervenções sobre o 25 de Abril.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 19 de Abril de 2008

Muitas vezes, para resgatar a memória, basta irmos à garagem ou ao sótão e convocar os amigos. Foi isso que sucedeu na Linhaceira no dia 19 de Abril de 2008 com a realização do primeiro Encontro de Bicicletas Antigas e Outras, organizado pela ACR Linhaceira e pela LinhaFreeride.
A crónica completa pode ser lida e vista no Forum Linhaceira.










quinta-feira, 18 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 18 de Abril de 1954

Do jornal Cidade de Tomar de 18 de Abril de 1954 respigamos um texto em defesa do Pinhal de Santa Cita. Mandado semear por D. Dinis, o mesmo rei que promoveu a criação do Pinhal de Leiria, este mais modesto exemplar existente na nossa freguesia teve enorme importância como o atestam as inúmeras referências que lhe são feitas em documentos dos séculos XIX e XX, tendo sido inclusivamente dali que veio madeira para a construção da primeira escola linhaceirense.
Eis um caso em que, ao invés de ter havido uma evolução, se retrocedeu muito de 1954 para cá.


Imagem disponível no site Memória Digital de Tomar.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 16 de Abril de 1961

No jornal Cidade de Tomar de 16 de Abril de 1961, os habitantes da Cerejeira queixavam-se da paragem das obras do aqueduto do Brandão, que tornava muito complicado o acesso à Linhaceira e daí à sede de freguesia e de concelho.
Esta notícia serve para percebermos como em cinquenta anos se quebraram alguns isolamentos, mas também como se alteraram as mentalidades. Repare-se na forma como o autor do texto se lamentava de que a paralisação dos trabalhos "prejudica imenso a nossa vida económica e até a nossa reputação".

terça-feira, 16 de abril de 2013

Biblioteca de Temas Linhaceirenses vai oferecer livros

Na próxima quarta-feira, dia 24 de Abril, celebra-se o primeiro mês de publicação contínua deste blogue.
Recordamos que esta é uma das faces do projecto com o mesmo nome, criado no âmbito do Centenário das Escolas na Linhaceira e que deu origem, igualmente, ao livro “Linhaceira e as suas escolas” de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes.
No blogue, além de artigos específicos sobre determinados temas, nomeadamente as origens da aldeia, é publicada diariamente uma nova mensagem, sempre que possível alusiva a um acontecimento ocorrido ou divulgado naquela data exacta.
Para celebrar este primeiro mês, a Biblioteca de Temas Linhaceirenses vai oferecer cinco livros, a sortear entre os participantes num concurso que consiste no seguinte:
Os participantes devem aceder ao blogue, entre os dias 21 e 27 de Abril, inscreverem-se em seguir por e-mail ou em subscrever mensagens e responder às seguintes questões, tratadas nas mensagens publicadas desde 24 de Março:
1 – Qual é o primeiro nome que se conhece para a Linhaceira?
2 – Qual foi a aldeia que acolheu todas as mesas de voto da freguesia de Asseiceira nas primeiras eleições livres, em 1975?
3 – Em que ano os jornais nacionais chamavam a atenção para a necessidade de obras urgentes na Estrada Nacional 358-1?
As respostas devem ser enviadas para o e-mail apaeli@gmail.com a partir das 00h00 de dia 21 de Abril e até às 23h59 de dia 27 de Abril.
Entre todos aqueles que tiverem acertado nas três respostas serão posteriormente sorteados um exemplar do livro “Linhaceira e as suas escolas” e quatro exemplares do livro “O dia em que choveu pétalas”.


Os dias da Linhaceira: 16 de Abril de 1961

No dia 16 de Abril de 1961, no jornal Cidade de Tomar, lamentava-se que a nova escola primária da Linhaceira (edifício actual da EB1) já estivesse pronta mas continuasse a aguardar a inauguração oficial para acolher os alunos que, por isso, eram obrigados, como hoje, a funcionar no regime de turnos que o articulista adjectivava, já há meio século atrás, como "deficientíssimo processo".
A escola acabaria por ser inaugurada em 28 de Maio de 1961 (ver livro "Linhaceira e as suas escolas").

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 15 de Abril de 1970

Queixas sobre o mau estrado das estradas são dos temas mais frequentes quando compulsamos jornais antigos à procura de notícias de âmbito local. Na sua edição de 15 de Abril de 1970, o quinzenário O Nabão congratulava-se pelo facto de "finalmente" a estrada ente Asseiceira e Linhaceira ir "levar o arranjo que a sua importância merece e reclama".
Recorde-se que, embora o articulista a considere "a principal da freguesia", esta ligação entre aqueles que são hoje os dois principais centros populacionais dessa freguesia foi durante muito tempo um caminho sem condições cuja insegurança, em particular no Inverno, seria um dos principais argumentos para a luta da Linhaceira, no princípio do século XX, para ter uma escola própria (ver livro "Linhaceira e as suas escolas").


domingo, 14 de abril de 2013

Os dias da freguesia: 14 de Abril de 1973

No jornal Cidade de Tomar de 14 de Abril de 1973, uma breve assinada por Henrique Marques dá conta de que os habitantes da Cerejeira, Foz do Rio, Perdigueira e Falagueiro pretendem construir uma capela - aquela que viria a ser a actual capela dos Pastorinhos. O texto dá conta ainda de que para o efeito se iria realizar uma festa a 9 e 10 de Junho, sendo de salientar igualmente a referência ao mau estado do caminho para a capela mais próxima, que se subentende ser a da Linhaceira.

sábado, 13 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 13 de Abril de 1995

No jornal O Templário desta data focava-se a Assembleia de Freguesia de Asseiceira, ocorrida a 4 de Abril de 1995. Em causa, embora não constasse da ordem de trabalhos, estava o processo então em curso com vista à criação da freguesia da Linhaceira.
O processo estava em andamento, com várias centenas de assinaturas já recolhidas pela Comissão dinamizada por Jorge Franco e Maurício Alves, que faziam parte da Assembleia de Freguesia na qualidade de eleitos pela lista da CDU que, nas eleições autárquicas de 1993, conseguira uma maioria absoluta de 52% dos votos na Linhaceira.
Mesmo sem estar sobre a mesa, a questão provocou acesa discussão na Assembleia, onde também se falou de outra velha aspiração linhaceirense, a construção de um cemitério próprio.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 12 de Abril de 1959

A Estrada Nacional 358-1, que atravessa a Linhaceira, estava em 1959 urgentemente precisada de obras. O assunto é focado no artigo que apresentamos, publicado no jornal Cidade de Tomar, mas que trancreve também citações dos jornais nacionais Diário Ilustrado e Diário de Notícias.
A estrada não estava então ainda alcatroada, como se refere no texto e podemos ver também na foto (cedida por Maurício Alves e publicada no livro "Linhaceira e as suas escolas"), obtida dois anos depois, no dia 27 de Abril de 1951, aquando da inauguração da escola onde hoje funciona o ATL.


quinta-feira, 11 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira: 11 de Abril de 1970

Nesta data, o jornal Cidade de Tomar dava conta de um acontecimento ocorrido a 5 de Abril de 1970: a realização de uma festa escolar no CAT (Centro de Alegria no Trabalho).

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 10 de Abril de 2012

Aconteceu no dia 9 de Abril de 2012, como é habitual todos os anos, na segunda-feira a seguir à Páscoa, e mereceu destaque no dia seguinte no blogue Tomar a Cidade, de Luís Ribeiro.
A Linhaceira, fazendo jus à sua condição de aldeia ribeirinha do Nabão, marcou presença nas Festas da Boa Viagem, em Constância.


terça-feira, 9 de abril de 2013

Os dias da freguesia - 8 de Abril de 1972

No jornal Cidade de Tomar de 8 de Abril de 1972, na secção "Boletim Noticioso da Câmara Municipal de Tomar" pode ler-se ter sido deliberado pelo executivo tomarense "Determinar que os Serviços Municipalizados chamem a si a reponsabilidade de abastecimento de água aos lugares de Cerejeira e Falagueiro".

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 8 de Abril de 2003

No dia 8 de Abril de 2003 decorreu a tomada de posse do linhaceirense Franquelim Alves como secretário de Estado Adjunto do ministro da Economia, Carlos Tavares, no XV Governo Constitucional, que tinha como primeiro-ministro Durão Barroso.
Foi a primeira experiência governativa do economista, que em 2013 voltou ao Governo, onde é actualmente secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação.
Franquelim Alves nasceu na Linhaceira em 16 de Novembro de 1954, é licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e MBA em Finanças pela Universidade Católica Portuguesa.

domingo, 7 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 7 de Abril de 1995

Corria o ano de 1995, e estava em curso o processo de criação da freguesia de Linhaceira, que, embora acabasse por não ser aprovado, alimentaria debates, polémicas e as páginas dos jornais.
O divertido comunicado que relembramos hoje foi publicado no suplemento humorístico "A Melga" do jornal O Templário, dirigido pelo linhaceirense Mário Cobra, em 7 de Abril de 1995.
A FLEL - Frente de Libertação do Enclave da Linhaceira foi inventada nesse suplemento, meses antes, mas teria tanto êxito que chegou a ser usada no Carnaval.

sábado, 6 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 6 de Abril de 1995

95 anos depois de ter entrado em funcionamento, a Fábrica de Papel da Matrena estava já em fase terminal. Entre as várias medicações prescritas para lhe prolongar a vida, contou-se o que viria a ser a IPT - Indústria de Papéis de Tomar, que resultou de um processo de gestão integrada entre a Matrena e a sua congénere de Porto de Cavaleiros.
No dia 6 de Abril de 1995, uma Assembleia de Credores desta última fábrica, realizada no tribunal de Tomar, deu luz verde para essa fusão, conforme relatava o jornal O Templário.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 5 de Abril de 1975

Um ano depois da revolução dos cravos, realizaram-se em Portugal as primeiras eleições livres. No dia 5 de Abril de 1975, o jornal Cidade de Tomar publicava a lista completa das assembleias de voto no concelho. Na freguesia de Asseiceira, seria a Escola Primária da Linhaceira a acolher a totalidade das cinco secções de voto. Apenas no ano seguinte as secções seriam distribuídas pelas aldeias mais populosas, deixando ainda de fora o núcleo populacional dos Pastorinhos (ver Os dias da Linhaceira - 2 de Abril de 1976).


quinta-feira, 4 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 4 de Abril de 1954

No jornal Cidade de Tomar de 4 de Abril de 1954, um texto assinado C, facilmente atribuível a Manuel Martins Cobra, refere a necessidade de abastecimento de água a Santa Cita. A Linhaceira era abastecida parcialmente desde cerca de um ano antes pela captação da Cova do Arroz, cuja água ainda hoje corre na Fonte do Cigano.


Imagem disponível em Memória Digital de Thomar.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 3 de Abril de 1980


Em 3 de Abril de 1980, na sequência da publicação que vinha a fazer do Plano de Actividades da Câmara Municipal para esse ano, o jornal Cidade de Tomar dá conta de que, no âmbito da Instrução, "no orçamento, inscrever-se-ão (...) dotações para: (...) construção dos jardins-de-infância da Linhaceira e Pedreira".
O jardim-de-infância começara a funcionar já nesse ano lectivo na antiga escola primária, actual centro de saúde, e, segundo o livro "Linhaceira e as suas escolas", em Abril desse ano a obra já estaria adiantada porque no início do ano lectivo seguinte já funcionaram as actuais instalações.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 2 de Abril de 1976

No dia 2 de Abril de 1976, o jornal Cidade de Tomar publicou, na secção Ecos das Freguesias, uma notícia sobre o desdobramento do caderno eleitoral da freguesia em quatro secções de voto, que funcionaram na Asseiceira, na Linhaceira, na Roda e em Santa Cita. Isto porque, nas primeiras eleições livres, realizadas um ano antes, todas as secções de voto da freguesia tinham funcionado na Linhaceira.
Este é também um documento importante pelo facto de conter o número de eleitores e a sua evolução entre 1975 e 1976.Cuidado, porém, na análise destes números: na secção da Linhaceira incluiam-se não apenas os eleitores linhaceirenses propriamente ditos, mas também os da Cerejeira, Foz do Rio; Falagueiro e Perdigueira.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Os dias da Linhaceira - 1 de Abril de 2012

Não foi a primeira vez que Portugal inteiro teve acesso às belezas naturais da Linhaceira, através de destaques fotográficos da modelo Joana Franco, mas terá sido a primeira vez que um linhaceirense fez título de capa no número um de uma revista. Aconteceu com a Vicius, lançada em 29 de Março de 2012, e que teve eco na blogosfera nos dias seguintes.