sexta-feira, 31 de maio de 2013

Cronologia da Linhaceira: os dias de Maio

Como vem sendo hábito, no final de cada mês fazemos uma súmula dos temas tratados, que serve também como guia ou índice para pesquisar neste blogue.
Recorde-se que, para além do prazer da partilha de recordações em que muitos de nós nos revemos, ou em que descobrimos laços do nosso passado comum, a Biblioteca de Temas Linhaceirenses tem o intuito de funcionar quase como um manual de História da Linhaceira e da freguesia de Asseiceira.
A ideia é que, aos poucos, as diversas linhas com que vamos entretecendo o blogue comecem a dar forma a um tecido que nos mostre, com alguma clareza, como é que a nossa comunidade se transformou no que é hoje.

Aqui estão, pois, por ordem cronológica dos anos em que aconteceram, os dias de Maio:

16 de Maio de 1834 - Batalha de Asseiceira.

20 de Maio de 1870 - Conflito por causa dos açudes das rodas junto aos moinhos da Guerreira.

13 de Maio de 1879 - Juntas da Paróquia de Asseiceira e Paialvo, recomendam "impôr aos facultativos do partido municipal a obrigação de visitarem as freguesias pelo menos duas vezes por semana".

31 de maio de 1879 - Número de alunos na Escola de Asseiceira e de crianças nascidas na freguesia.

19 de Maio de 1892 - Câmara convidada para a colocação de marcos divisórios dos concelhos de Tomar e Barquinha na Charneca de Asseiceira.

5 de Maio de 1899 - Câmara pôs em arrematação o troço Cebolinho-Lameirinha da estrada de Constância à Guerreira.

26 de Maio de 1904 - Câmara manda reparar a fonte da Perdigueira e recebe um grupo de linhaceirenses pedindo também a reparação da respectiva fonte.

25 de Maio de 1906 - Câmara manda arranjar fontes da Cerejeira e Foz do Rio.

25 de Maio de 1908 - Câmara manda arranjar fonte de Santo António, em Santa Cita.

13 de Maio de 1912 - Na sequência de pedido de esclarecimento da Câmara, Junta da Paróquia responde que desanexação de lugares dos Casais da Roda para a Barquinha são boatos.

28 de Maio de 1917 - Câmara de Tomar decide, definitivamente, pedir a criação de uma escola para o sexo masculino na Linhaceira.

1 de Maio de 1928 - Encerramento dos festejos da inauguração da capela da Linhaceira, incluindo corrida de bicicletas.

8 de Maio de 1949 - Jornal Cidade de Tomar relata inauguração da Escola Primária de Santa Cita.

15 de Maio de 1949 - No serviço noticioso da Câmara consta dotar a Foz do Rio de poço para abastecimento de água potável.

4 de Maio de 1952 - Jornal Cidade de Tomar noticia inauguração da Fonte da Roda Grande.

17 de Maio de 1953 - Inauguração do abastecimento de água à Linhaceira a partir da Cova do Arroz.

17 de Maio de 1954 - Linhaceira recebe imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima.

15 de Maio de 1960 - Cidade de Tomar faz primeira referência ao Cortejo das Galinhas.

22 de Maio de 1960 - Grande Cortejo das Galinhas na Linhaceira.

29 de Maio de 1960 - Inauguração da Escola Primária da Cerejeira.

28 de Maio de 1961 - Inauguração do terceiro edifício escolar da Linhaceira, que hoje acolhe a EB1.

29 de Maio de 1971 - Cidade de Tomar noticia arranjo da Estrada do Casal Novo e da ligação Cerejeira-Linhaceira pelo Brandão

22 de Maio de 1973 - Grupo de jovens da Linhaceira escreve carta ao dono da Fábrica de Papel da Matrena a pedir terreno para campo de futebol.

3 de Maio de 1975 - Cidade de Tomar publica resultados das primeiras eleições livres.

10 de Maio de 1975 - Jornal Cidade de Tomar noticia Festa dos Pastorinhos.

23 de Maio de 1976 - Inauguração da capela dos Pastorinhos e primeira pedra da capela nova da Linhaceira.

1 de Maio de 1981 - Jornal O Nabão noticia abertura do estabelecimento Mini-Sirgado, na Asseiceira.

20 de Maio de 1994 - Extensão médica dos Pastorinhos sem solução.

27 de Maio de 1994 - Com a iniciativa Papoilas do Hospício, é criado o núcleo cultural O Contador de Histórias, sedeado na Linhaceira.

11 de Maio de 1995 - Primeira Assembleia de Freguesia sobre a criação da freguesia de Linhaceira.

26 de Maio de 1995 - Jornal O Templário publica reportagem sobre trabalho das crianças da EB1 da Linhaceira acerca da água na freguesia.

6 de Maio de 2009 - Blogue da Escola Básica do 1º Ciclo da Linhaceira.

9 de maio de 2010 - Estação ferroviária de Santa Cita ao abandono.

7 de Maio de 2011 - O Templário faz capa com regresso da ACR Santa Cita à 2ª Divisão de Hóquei-em-patins.




excerto do "Livro de leitura da primeira classe" de Maria Luísa Torres Pires, Francisca Laura Batista e Glória N. Gusmão Morais, Porto Editora, 1967, utilizado na Escola Primária da Linhaceira até ao 25 de Abril (exemplar nº  132 136, biblioteca particular de Nuno Garcia Lopes)



Os dias da freguesia: 31 de Maio de 1879

No dia 31 de Maio de 1879, segundo os "Anais do Município de Tomar", compilados por Amorim Rosa, existiam no concelho de Tomar 395 alunos na instrução primária (os números variavam ao longo do ano, segundo se depreende da leitura dos documentos da época).
Destes, havia apenas 19 na Asseiceira, contra 17 na Madalena, as duas escolas com menor frequência.
Para termos uma ideia do que isso representava comparativamente à população em idade escolar, refira-se que, de acordo com o livro "Linhaceira e as suas escolas" de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes, nasceram nessa década em toda a freguesia 530 crianças, uma média de 53 por ano, quase o triplo do número de alunos nesta data, que corresponderiam aos vários anos da instrução.
Foi nesta década, aliás, que a Linhaceira se tornou a aldeia da freguesia com maior número de nascimentos (150), contra 134 da Roda e 122 da Asseiceira.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 29 de Maio de 1971

Três notícias publicadas no jornal Cidade de Tomar em 29 de Maio de 1971 merecem hoje o nosso destaque.
Na Linhaceira começou o arranjo do caminho de ligação ao Casal Novo, que então era ainda considerado uma "povoação" autónoma, "subúrbios" da aldeia em que hoje se insere, também por força da melhoria dos acessos.
Acessos também frequentemente noticiados por levantarem problemas aos moradores, eram os de ligação à Cerejeira. Naquela data relatava-se o alargamento e beneficiação da estrada pelo aqueduto do Brandão, "quase inteiramente a expensas da população local".
Registo ainda para a exposição de trabalhos manuais e de desenho, a inaugurar a 6 de Junho na escola primária da Roda Grande.



quarta-feira, 29 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 29 de Maio de 1960

No dia 29 de Maio de 1960 foi inaugurada a Escola Primária da Cerejeira. Até então, as aulas funcionavam num posto escolar, num edifício particular.
A reportagem publicada no jornal Cidade de Tomar (e reproduzida no livro "Linhaceira e as suas escolas" de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes), mostra-nos o ambiente da época, marcado por uma certa "vassalagem" aos poderes públicos (que eles próprios impunham, entenda-se), mas também o clima de festa vivido nesses dias, não apenas na Cerejeira, mas também em Santa Cita e Linhaceira..


terça-feira, 28 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 28 de Maio de 1917 e de 1961

28 de Maio, data de má memória para os portugueses (foi nesse dia que começou a ditadura do Estado Novo), é, todavia, uma data duplamente importante para a História do ensino na Linhaceira.
De facto, foi em 28 de Maio de 1917 que a Câmara de Tomar decidiu, definitivamente, pedir a criação de uma escola para o sexo masculino na nossa aldeia, embora a mesma ainda viesse a demorar mais de um ano para entrar em funcionamento. Trata-se do edifício que hoje funciona como posto médico.
Eis um excerto da acta, disponível no Arquivo Municipal de Tomar e reproduzida no livro “Linhaceira e as suas escolas”, de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes:


Seria depois criado o edifício escolar onde hoje funciona o ATL (em 27 de Abril de 1950) e, em 28 de Maio de 1961, quando o número de alunos (só nos quatro anos da escola primária) rondava os 170(!), foi inaugurado o edifício que hoje acolhe ainda a EB1.
Embora, por enquanto, não tenhamos encontrado ainda nenhum registo fotográfico dessa inauguração, a reportagem detalhada feita pelo jornal Cidade de Tomar (e reproduzida parcialmente no livro atrás referido) ajuda a rever todo o acontecimento, presidido pelo presidente da Câmara de então, Aurélio Ribeiro.
Destaque-se um parágrafo, salientando que foi escrito por Vasco Jacob, figura destacada da cidade e, portanto, isento de qualquer tipo de bairrismo:
Às 19.10 horas precisas chegou o cortejo a Linhaceira. Foi um delírio. Nunca assistimos a coisa igual. Foguetório intenso, um mar de gente, chuva de flores, palmas, tudo quanto um povo pode exteriorizar a sua alegria por tão feliz acontecimento. Apresentados os cumprimentos pelas pessoas mais representativas da localidade ao mesmo tempo que a filarmónica de Paialvo executava o hino de saudação, tudo se dirigiu para o novo edifício escolar que ia ser inaugurado, sob alas do imenso povo e das crianças das escolas, que, de batas alvas, arremessavam às entidades oficiais grandes quantidades de flores num gesto da mais expressiva manifestação de reconhecimento.”
Publicamos o destaque dado na primeira página de outro jornal de então, O Nabão:

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 27 de Maio de 1994

Foi no dia 27 de Maio de 1994 que se deu aquele que é considerado o momento inaugural de um dos projectos culturais mais bem sucedidos sedeados na Linhaceira: o núcleo cultural O Contador de Histórias, que hoje mesmo começa a comemoração do seu ano número vinte.
Indo beber ao nome do programa da Rádio Hertz onde a ideia começou a germinar, a iniciativa inaugural chamou-se precisamente "Papoilas do Hospício".
Constou de uma exposição heterogénea, que juntou jovens criadores com outros de nomes firmados como Sam Abercromby ou Marcel Hasquin; uma publicação com textos literários, crónicas e ilustração; e um recital de poesia, que haveria de se tornar na imagem do grupo.
No elenco geral estiveram quatro linhaceirenses, curiosamente todos oriundos da mesma casa.


Nota de imprensa de apresentação:
Páginas centrais da publicação "Papoilas do Hospício", com o retrato dos colaboradores na iniciativa:




Imagens oriundas do arquivo de O Contador de Histórias.

domingo, 26 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 26 de Maio de 1904 e de 1995

O texto que publicámos ontem mantém todo sentido para hoje, ou seja, para o dia 26 de Maio. Em 1904, a Câmara mandou reparar a fonte da Perdigueira e recebeu um grupo de "indivíduos" da Linhaceira, pedindo  também a reparação da respectiva fonte e oferecendo mesmo uma pia para esse fim..
E exactamente 91 anos depois, seriam as crianças da Linhaceira a irem às fontes procurar as suas fontes, explicando melhor: a fazerem um trabalho de recolha sobre o abastecimento de água na aldeia e arredores, coordenado pelo professor Luís Alcobia, e que viria a dar origem a um livro, que recordaremos em breve.
A 26 de Maio de 1995, o jornal O Templário foi à escola do 1º ciclo conhecer o projecto e publicou o retrato de todas as crianças envolvidas, enquadradas pela Fonte do Cigano, a mais emblemática da Linhaceira nos últimos anos do século XX.



sábado, 25 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 25 de Maio de 1906 e de 1908

Talvez porque se aproximava o Verão, esta época do ano foi pródiga, há cerca de cem anos atrás, em tomadas de posição na Câmara Municipal sobre fontes do concelho.
Um exemplo é o dia 25 de Maio: em 1906 foram abordadas, e mandadas reparar, as fontes da Cerejeira e Foz do Rio e, exactamente dois anos depois, a de Santo António, em Santa Cita, só para referir as da freguesia de Asseiceira.



Anais do Município de Tomar, coligidos por Amorim Rosa

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Dois meses

A Biblioteca de Temas Linhaceirenses faz hoje dois meses, com o livro "Linhaceira e as suas escolas" a ultrapassar as expectativas em termos de recepção popular e este blogue a atingir as três mil visualizações em 60 dias, o que dá uma média de 50 por dia.
Tendo em conta que o nosso público alvo está condicionado pelo interesse local deste projecto, é óptimo saber que temos tantos visitantes fiéis.
Obrigado. Por vosso causa, a BTL não ficará pelo caminho.

Os dias da Linhaceira: 23 de Maio de 1976

Foi no dia 23 de Maio de 1976 que o primeiro Bispo de Santarém, D. António Francisco Marques, inaugurou a capela dos Pastorinhos.
Um dia que seria de festa também para a Linhaceira, uma vez que aquele responsável eclesiástico presidiria, igualmente, nesse domingo, dezasseis anos depois do Cortejo das Galinhas, ao lançamento da primeira pedra da nova capela linhaceirense.
Ambos os acontecimentos são relatados pelo jornal O Nabão.


quinta-feira, 23 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 22 de Maio de 1973

Foi um dos primeros passos para que a Linhaceira viesse a ter um campo de futebol.
Em 22 de Maio de 1973, um "grupo de jovens da povoação de Linhaceira" escreveu uma carta ao então administrador da Fábrica de Papel da Matrena, Joaquim Rasteiro, pedindo a cedência gratuita ou a preço em conta de um terreno para construção daquele equipamento.
Pelo que se deduz da carta, "na propriedade da "Mata" no extremo da fazenda a confinar com as estradas nacional nº 348-1 [deverá ser a 358-1] e a municipal de ligação entre Asseiceira e Linhaceira", o espaço previsto devia ser o actual largo no topo da Urbanização da Boavista que, lembre-se, à época era um pinhal.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 22 de Maio de 1960

Faz hoje 53 anos, no dia 22 de Maio de 1960, a Linhaceira voltava a inovar com  o Grande Cortejo de Galinhas. O objectivo era angariar fundos para a nova capela, o método: pedir galinhas.
Registe-se o estilo bem-humorado do cartaz: "Algumas centenas de galinhas - muitas delas assadas - passarão em desfile pelas ruas da localidade".
Registe-se ainda o facto de haver grupos de recolha da Taveira, do Covão e da Linhaceira.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 20 de Maio de 1994

Com um edifício construído com vista a funcionar como posto médico, fruto do esforço da comunidade, em articulação com a Câmara e a Junta de Freguesia, na sequência de uma iniciativa então já com dez anos, a população dos Pastorinhos queixava-se no jornal Cidade de Tomar, em 20 de Maio de 1994, através da direcção da ACR, de que, apesar das promessas, nunca chegara o médico, nem sequer uma enfermeira.
Sem uma resposta adequada, propunham-se tomar posições mais fortes, como viria a acontecer nas semanas seguintes, numa época, há cerca de vinte anos atrás, em que os habitantes da freguesia batiam o pé com frequência quando se viam esquecidos ou injustiçados.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 20 de Maio de 1870

A roda que hoje vemos no Mouchão, em Tomar, como atracção turística, era ainda no século XX presença frequente ao longo do curso do rio Nabão, numa época em que não havia sistemas mais modernos para retirar do leito as águas necessárias à irrigação dos campos.
Estas rodas implicavam a construção de açudes temporários, cuja técnica podemos ainda hoje verificar, precisamente, no açude que alimenta a roda do Mouchão. Uns e outros estão magnificamente descritos no livro "Coisas simples da terra tomarense", de Fernando de Araújo Ferreira, recentemente reeditado a propósito do centenário do nascimento do seu autor.
Esta introdução ajuda-nos a perceber a questão que o feitor do Conde de Nova Goa levou à reunião de Câmara de 20 de Maio de 1870, queixando-se da grande altura a que estavam colocados os açudes inferiores aos Moinhos da Guerreira e dos prejuízos daí advindos (coligido nos Anais do Município de Tomar).


Os proprietários em causa foram intimados a participar na reunião seguinte, a 27 de Maio, em que todos concordaram com o rebaixamento, logo que o proprietário do primeiro (único que faltou) fizesse o mesmo, uma vez que funcionavam em sequência uns dos outros.

.

domingo, 19 de maio de 2013

Os dias do concelho: 19 de Maio de 1892

Conforme se pode ler nos Anais, coligidos por Amorim Rosa, no dia 19 de Maio de 1892 foi apresentado em reunião da Câmara de Tomar um ofício da sua congénere da Barquinha convidando aquela a comparecer na "Charneca de Asseiceira" para colocação dos marcos divisórios dos dois concelhos.

sábado, 18 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 17 de Maio de 1954

No dia 17 de Maio de 1954, a Linhaceira recebeu a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima.
O acontecimento, que mereceu destaque no jornal Cidade de Tomar, ocorreu na sequência da digressão da imagem pelos concelhos e freguesias do Patriarcado de Lisboa, a que a paróquia de Asseiceira então pertencia, uma vez que a Diocese de Santarém ainda não tinha sido criada.
A imagem chegou à Linhaceira, oriunda da igreja matriz, pelas 21 horas, sendo recebida num local onde fora colocada uma azinheira e três crianças com as suas ovelhas recriando a imagem dos pastorinhos.
Uma cena que é devidamente descrita no recorte daquele jornal mas também na fotografia inédita que aqui reproduzimos.
A imagem percorreu ainda em procissão, naquela noite, as ruas da Linhaceira bem como os quatro lugares que então ainda não se associavam sob o nome, precisamente, de Pastorinhos, acompanhada pelas crianças das escolas e pela Confraria de Nossa Senhora do Conforto dos Aflitos, além de "muito povo".
Só por volta da meia-noite daria entrada na capela da Linhaceira, devidamente engalanada para o efeito, onde permaneceu até às 20 horas do dia seguinte, em que rumou à Roda, e depois a Santa Cita.



sexta-feira, 17 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 17 de Maio de 1953

No dia 17 de Maio de 1953 foi inaugurado o abastecimento de água à Linhaceira a partir da captação da Cova do Arroz. Situada em grande parte num planalto, sem nascentes na sua área, a  aldeia teve sempre alguma dificuldade neste capítulo.
Daí que sejam muitas as referências que se encontram ao tema, quer em jornais, quer nas actas camarárias.
Em 1949 é comunicada pela Cãmara a concessão de 123.350 escudos (cerca de 625 euros em moeda actual) para a obra de abastecimento à Linhaceira e Cerejeira. A ideia inicial era fazer a captação para a Linhaceira a partir da Cruz do Seixo (no Valigote, Falagueiro), mas acabaria por se optar pela Cova do Arroz (nas proximidades do lugar do Pocilgão, que entretanto ficou deserto), que ainda hoje alimenta a Fonte do Cigano.
Foram criados três fontanários, que receberam os nomes de Santo António, S. Francisco e S. Miguel, em homenagem aos proprietários que doaram os respectivos terrenos: António Santos, Miguel Alves Garcia e Francisco Salvador.
O assunto foi retomado no ano seguinte, no jornal Cidade de Tomar, a propósito do abastecimento de água a Santa Cita, que ainda demoraria.


quinta-feira, 16 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 16 de Maio de 1834

O dia 16 de Maio de 1834 ficou marcado por aquele que é indiscutivelmente o acontecimento histórico mais relevante ocorrido no nosso território. Tratou-se da Batalha de Asseiceira, assalto final da guerra civil entre absolutistas e liberais, em que estes últimos, levando a melhor, ganhariam definitivamente a contenda.
Tal como acontecera algum tempo antes com as invasões francesas, também o impacto da presença militar no então ainda concelho de Asseiceira terá sido significativo.
Mas ao impacto directo não devemos deixar de associar os efeitos conjunturais provocados pelos vários anos de guerra civil, com todas as suas sequelas, incluindo a saúde pública.
A verdade é que, à falta de outra informação, há um indicador importante no que se refere ao impacto na vida local.
Segundo o livro "Linhaceira e as suas escolas", de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes, os lugares de Linhaceira, Roda, Guerreira/Santa Cita e Cerejeira tiveram uma quebra significativa no número de nascimentos ocorrido na década de 1831/1840, com reflexos ainda na década seguinte. Apenas na então vila de Asseiceira tal não aconteceu, talvez porque o facto de ser então um pólo urbano lhe tenha dado alguma segurança, que as aldeias não tiveram.


quarta-feira, 15 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 15 de Maio de 1960

A Linhaceira sempre foi pródiga em criar iniciativas originais. Em 1960, com a primeira capela já pequena para o número de habitantes (na década que então terminava a aldeia teve o maior número de nascimentos de sempre - cerca de duas centenas e meia em dez anos, ver livro "Linhaceira e as suas escolas"), a comunidade local começou a trabalhar para a construção da nova, tarefa que se prolongaria por mais de vinte anos.
Foi assim que surgiu a curiosa ideia do Cortejo das Galinhas, que aconteceria a 22 de Maio, mas foi noticiado com algum ênfase, uma semana antes, pelo jornal Cidade de Tomar.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 15 de Maio de 1949

No jornal Cidade de Tomar desta data transcrevia-se o Serviço Noticioso da Câmara Municipal de Tomar, referente às reuniões de 13 e 26 de Abril e 4 de Maio, no qual se referia a deliberação para "dotar o lugar da Foz do Rio de um poço público para abastecimento de água potável àquele lugar".

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 13 de Maio de 1912

Na sequência do pedido de esclarecimento feito pela Câmara de Tomar em 22 de Abril de 1912 porque lhe constara que "no concelho da Barquinha se pretende promover a desanexação de alguns lugares dos Casais da Roda, pertencentes à freguesia de Asseiceira", a Junta da Paróquia respondeu, em ofício que foi à sessão de Câmara de 13 de Maio, "que os julga simples boatos".


In Anais do Município de Tomar, 1901-1925, coligidos por Amorim Rosa

domingo, 12 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 13 de Maio de 1879

O periódico A Emancipação foi o primeiro jornal do concelho de Tomar. Na sua edição de 13 de Maio de 1879 (disponível no site Memória Digital de Thomar), dá-se conta dos assuntos tratados na sessão camarária de 5 de Maio.
Entre eles, dois ofícios, das Juntas da Paróquia de Asseiceira e Paialvo, recomendando "a necessidade e conveniência de impôr aos facultativos do partido municipal a obrigação de visitarem as freguesias pelo menos duas vezes por semana". A decisão, porém, ficou adiada.

sábado, 11 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 11 de Maio de 1995

Na sequência da Assembleia de Freguesia de Asseiceira, ocorrida a 4 de Abril, e da apresentação pública por parte da Comissão para a Criação da Freguesia de Linhaceira, a 24 de Abril, realizou-se no dia 11 de Maio de 1995 uma Assembleia de Freguesia Extraordinária sobre este assunto, seguramente uma das mais mais participadas de sempre.
Como era fácil de imaginar, o assunto provocou grande discussão, que acabou por se centrar mais nos aspectos processuais do que propriamente na divisão da freguesia em si.
Como dizia o título de O Templário, ficou tudo em águas de bacalhau nesse dia.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 10 de Maio de 1975

No dia 10 de Maio de 1975, o jornal Cidade de Tomar noticiava a realização, a 7, 8 e 9 do mês seguinte, da festa dos Pastorinhos. O objectivo era então concluir a capela.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 9 de Maio de 2010

Embora se situe já fora da freguesia, a Estação Ferroviária de Santa Cita foi beber o nome a esta aldeia, que durante o século XX foi um importante centro industrial, e já antes disso era local marcante de comércio, quando as feiras e mercados marcavam grandemente a vida comunitária.
A Estação também teve um peso relevante no desenvolvimento de Santa Cita e da freguesia de Asseiceira, mas acabaria por ser despromovida a apeadeiro, já no século XXI, e em 9 de Maio de 2010 estava mesmo num abandono deprimente, conforme relata o site do jornal O Templário.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 8 de Maio de 1949

36 anos depois do primeiro edifício, a Escola Primária da Santa Cita, ainda hoje em funcionamento, foi inaugurada no dia 27 de Abril de 1949, exactamente um ano antes do segundo edifício escolar da Linhaceira, e nessa data pelo mesmo motivo: o aniversário da subida de Salazar ao poder.
A notícia da inauguração foi publicada no jornal Cidade de Tomar apenas a 8 de Maio.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 7 de Maio de 2011

No dia 7 de Maio de 2011, a ACR de Santa Cita foi capa do jornal O Templário graças à subida de regresso à 2ª Divisão Nacional de Hóquei-em-patins, conseguida dias antes, a duas jornadas do fim do campeonato, graças à vitória de 9-1 frente ao Azarede.


segunda-feira, 6 de maio de 2013

Top 10 de Abril

As contingências deste tipo de trabalho implicam que haja dias com temas interessantíssimos ou documentos curiosos, que dão vontade de ver de imediato e outros que, tendo a sua importância na construção do gigantesco puzzle histórico a que nos dedicamos, não se tornam especialmente atractivos para os leitores.
Embora não influenciem a nossa metodologia de trabalho (que está sempre dependente da documentação dsiponível relacionada com determinada data), não deixa de ser curioso verificar quais foram os temas mais vistos pelos leitores durante o mês de Abril:



1º - Joana Franco - 1 de Abril de 2012

2º - Cronologia de Março - 24 de Abril de 2013

3º - Bicicletas antigas - 19 de Abril de 2008

4º - Cheias - 28 de Março de 1954

5º - Eleições - 2 de Abril de 1976

6º -  Freguesia de Linhaceira - 13 de Abril de 1995

7º - Terramoto - 23 de Abril de 1909

8º -  Franquelim Alves - 8 de Abril de 2003

9º - Jardim-de-infância - 3 de Abril de 1980

10º - Eleições - 5 de Abril de 1975

Registe-se o facto de a Joana ter tido larga vantagem no 1º lugar, enquanto o 2º e o 3º também se distanciaram claramente dos restantes.
O único tema repetido neste top foram as eleições, repartindo-se os maiores interesse dos leitores do blogue por vida política e administrativa, fenómenos naturais e personalidades.
Obrigado a todos vocês, que estão aí desse lado do ecrã, pela vossa fidelidade.


Cronologia da Linhaceira: os dias de Abril

Tal como fizemos para o mês de Março, apresentamos o índice dos temas tratados durante o mês de Abril.
A ordem aqui apresentada é cronológica, começando em 1838 e terminando em 2012, o que permite uma leitura com outro tipo de continuidade.
Todos os items têm um link directo para o respectivo artigo, do mesmo modo que existem links dentro dos artigos ligando-os àqueles que têm relações directas com eles.
O objectivo é que este blogue funcione cada vez mais como uma rede de informação onde se possa encontrar qualquer temática relacionada com a Linhaceira e com a freguesia.

24 de Abril de 1838 - Câmara de Tomar ordena a "extinção de pardais e outros pássaros daninhos"

23 de Abril de 1909 - O maior terramoto do século em Portugal é sentido na Linhaceira

22 de Abril de 1912 - Câmara de Tomar pede esclarecimentos sobre hipotética desanexação de alguns lugares da Roda para o concelho da Barquinha

29 de Abril de 1928 - Inauguração da primeira capela da Linhaceira

27 de Abril de 1950 - Inauguração do segundo edifício escolar da Linhaceira (actual ATL)

4 de Abril de 1954 - Necessidade de abastecimento de água a Santa Cita

18 de Abril de 1954 - Texto no jornal Cidade de Tomar em defesa do Pinhal de Santa Cita

21 de Abril de 1954 - Linhaceira queixa-se de ainda não ter posto público de telefone quando em Asseiceira e Santa Cita já tinham sido instalados vários

12 de Abril de 1959 - Imprensa refere necessidade urgente de obras na Estrada Nacional 358-1, que atravessa a Linhaceira

16 de Abril de 1961 - No jornal Cidade de Tomar, lamentava-se que a nova escola da Linhaceira estivesse pronta mas fosse preciso esperar pela inauguração oficial

16 de Abril de 1961 - Habitantes da Cerejeira queixavam-se da paragem das obras no aqueduto do Brandão
11 de Abril de 1970 - Jornal Cidade de Tomar refere festa escolar ocorrida no CAT da Linhaceira

15 de Abril de 1970 - Jornal O Nabão relata início das obras da estrada Asseiceira-Llinhaceira.

8 de Abril de 1972 - Câmara determina que os Serviços Municipalizados chamem a si a reponsabilidade de abastecimento de água aos lugares da Cerejeira e Falagueiro

14 de Abril de 1973 - Habitantes da Cerejeira e lugares vizinhos estão a tentar construir uma capela

5 de Abril de 1975 - Publicação da lista das assembleias de voto para as primeiras eleições livres (Linhaceira acolheu todas as da freguesia)

2 de Abril de 1976 - Nas eleições deste ano já houve mesas de voto em quatro localidades da freguesia

20 de Abril de 1979 - Jornal Cidade de Tomar noticia programa das comemorações do 25 de Abril na Linhaceira

3 de Abril de 1980 - No Plano de Actividades da Câmara Municipal, citado pelo jornal Cidade de Tomar, refere-se dotação para construção do jardim-de-infância da Linhaceira

6 de Abril de 1995 - Assembleia de Credores da Porto de Cavaleiros dá luz verde para a fusão com a Matrena (futura e efémera Indústria de Papéis de Tomar)

7 de Abril de 1995 - Suplemento satírico A Melga, do jornal O Templário, emite "comunicado" da "Frente de Libertação do Enclave da Linhaceira"

13 de Abril de 1995 - Jornal O Templário publica reportagem sobre o processo com vista à criação da freguesia de Linhaceira

24 de Abril de 1995 - Comissão para a Criação da Freguesia de Linhaceira apresenta à comunicação social o processo já elaborado

25 de Abril de 1995 - Festa do Idoso da Associação CRD de Asseiceira

30 de Abril de 1995 - Encontro das velhas guardas comemorativo dos 60 anos do Grupo Desportivo da Matrena

8 de Abril de 2003 - O linhaceirense Franquelim Alves toma posse pela primeira vez como secretário de Estado de um Governo da República Portuguesa

28 de Abril de 2007 - 3ª Mostra do Fado do Rancho Folclórico de Linhaceira

19 de Abril de 2008 - Primeiro Encontro de Bicicletas Antigas na Linhaceira

1 de Abril de 2012 - A modelo linhaceirense Joana Franco é título de capa no nº1 da revista Vicius, que contava com vários linhaceirenses na edição de arte, fotografia e redacção.

10 de Abril de 2012 - A Linhaceira participou de forma visível, como habitualmente, nas Festas da Senhora da Boa Viagem, em Constância.


foto inédita - Pausa no Cortejo dos Rapazes, 3 de Julho de 2011 (Nuno Garcia Lopes)

Os dias da Linhaceira: 6 de Maio de 2009

No dia 6 de Maio de 2009, as crianças da EB1 da Linhaceira publicavam no blogue da escola alguns curiosos trabalhos feitos a propósito dos provérbios populares, de que é exemplo este poema do André Ferreira.
Um bom pretexto para revisitarmos este interessante local linhaceirense na internet que, infelizmente, foi descontinuado (como agora se diz) no final desse ano lectivo.

domingo, 5 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 5 de Maio de 1899

No dia 5 de Maio de 1899, como se pode ler nos Anais do Município de Tomar, compilados por Amorim Rosa, a Câmara de Tomar pôs em arrematação a obra do troço do Cebolinho à Lameirinha (presumimos que no actual cruzamento das escolas, na Linhaceira), da estrada de Constância à Guerreira. Trata-se da estrada posteriormente classificada como EN 358-1.

sábado, 4 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 4 de Maio de 1952

No jornal Cidade de Tomar de 4 de Maio de 1952 noticiava-se uma obra de especial importância para a época, mas marcada, como já se habituaram a perceber os leitores deste blogue, pela propaganda da época.
O acontecimento ocorreu a 27 de Abril, tal como, alguns anos depois, a inauguração das escolas de Santa Cita e da Linhaceira, porque esse era o dia preferido dos corta-fitas, exaltando a subida de Salazar ao poder. Constate-se, a propósito, como era ostensiva, também, a indicação de que aquele, e todos os restantes jornais do país, era "visado pela Censura".
Quanto àquilo que efectivamente importava para os habitantes da freguesia, foi inaugurada nesse dia a Fonte da Roda Grande, facto especialmente importante numa época em que a água canalizada em cada casa era ainda uma miragem distante.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 3 de Maio de 1975

Foi nesta data que o jornal Cidade de Tomar publicou o quadro dos resultados das primeiras eleições livres para o parlamento. Na freguesia de Asseiceira, em consonância com o que aconteceu no concelho e também a nível nacional, o PS, então liderado por Mário Soares, obteve uma claríssima vitória.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Os dias da freguesia: 1 de Maio de 1981

Há 32 anos, eram estas as notícias da freguesia, transmitidas pelo jornal quinzenário O Nabão: abertura do minimercado Sirgado, na Asseiceira, e a referência às festas religiosas já marcadas para esse verão.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Os dias da Linhaceira: 1 de Maio de 1928

A festa da inauguração da capela da Linhaceira, a que hoje chamamos "velha", mas que era então o mais importante edifício da aldeia, prolongou-se por três dias e teve momentos que vale a pena registar.
No dia 1 de Maio, além das habituais cerimónias religiosas e do arraial, merecem destaque uma corrida de bicicletas que percorreu o percurso Linhaceira - Santa Cita - Asseiceira - Atalaia - Barquinha - Tancos - Roda - Linhaceira, e também vários jogos populares, entre os quais uma "corrida de gericos oferecendo-se um prémio ao que recuar com maior velocidade".