domingo, 30 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 30 de Junho de 1995

O acontecimento original ocorreu a 23 de Junho, mas passaria despercebido a quem não fosse da Linhaceira ou cliente da casa, pelo que a notícia de O Templário, uma semana depois, realçou o facto:
No semanário O Independente (então um dos jornais nacionais mais lidos), Maria Filomena Mónica destacava, na sua crónica, a Tasca do Ti Lopes ( que então vivia também um dos seus períodos áureos).

sábado, 29 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 28 de Junho de 1949 e de 1959 e 29 de Junho de 1958

Os últimos dias do mês de Junho foram pródigos, no final das décadas de quarenta e cinquenta do século passado, em novidades relacionadas com as escolas da Linhaceira.
Seguindo a ordem cronológica, para não nos perdermos: em texto datado de 28 de Junho de 1949, e publicado no jornal Cidade de Tomar da semana seguinte, Manuel Martins Cobra noticiava o início da construção do segundo edifício da escola primária - actual ATL (recordamos que, apesar da exigência de factualidade e de rigor, devemos chamar a atenção dos leitores para que leiam estes textos com o máximo cuidado, pelo quase endeusamento que fazem do ditador António de Oliveira Salazar).



Em 29 de Junho de 1958, era a vez da Câmara Municipal de Tomar deliberar a construção das novas escolas da Linhaceira (a terceira, actual EB1) e da Cerejeira.

E em 28 de Junho de 1959, Manuel Cobra noticiava agora o estado das obras do terceiro edifício escolar, desejando a sua rápida conclusão para evitar o desdobramento de turmas.

Temas tratados no livro "Linhaceira e as suas escolas" de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 28 de Junho de 1964

Ainda não passaram cinquenta anos, mas já nos parece há uma eternidade. Em 28 de Junho de 1964, exultava-se no jornal Cidade de Tomar com a criação (finalmente) de um posto público de telefone na Cerejeira. Repare-se no número - se fosse uma chamada local só era preciso marcar aqueles cinco dígitos, sendo que a palavra "dígito" também não é muito correcta, pois usavam-se os dedos mas para discar os algarismos.

Os dias da Linhaceira: 28 de Junho de 1933

Faleceu no dia 28 de Junho de 1933, nas Caldas da Rainha, António Augusto Ferreira. Nascido no Sardoal, em 2 de Dezembro de 1878, seria um dos principais responsáveis pela criação da primeira escola primária na Linhaceira, onde chegou a dar aulas ainda antes dessa instalação, o que lhe valeu um lugar na toponímia local (Rua Professor Augusto Ferreira) e um capítulo inteiro do livro "Linhaceira e as suas escolas", de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes, onde se contam todas as peripécias que se conseguiram reconstituir da sua passagem pela freguesia (deu aulas, ainda, na Asseiceira e em Santa Cita).
Nos últimos anos da sua vida, rumou às Caldas da Rainha, onde fundaria dois colégios, acabando por morrer prematuramente com apenas 54 anos de idade.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 27 de Junho de 1965

A rubrica "Ecos do Concelho" do jornal Cidade de Tomar de 27 de Junho de 1965 é o que se pode chamar um exemplo dos dias comuns. Contém notícias relativas a Santa Cita, Asseiceira, Linhaceira e Roda Grande, na maior dos casos em jeito de lamento pela falta de equipamentos colectivos adequados (a capela, a escola, o abastecimento de água), ou pela perda de algo que fazia parte da memória colectiva, ou pelo sentimento de expoliação.
Há coisas que não mudam muito com o passar do tempo.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 26 de Junho de 1971

Realizou-se nos dias 26, 27 e 28 de Junho de 1971 a festa em honra de Nossa Senhora do Conforto dos Aflitos, padroeira da Linhaceira.
Vale a pena rever o cartaz.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 26 de Junho de 1902 e 25 de Junho de 1903

Tal como já indicáramos há uns dias atrás, por esta altura do ano, a Câmara Municipal nomeava os informadores para a derrama da côngrua.
Em 1902, foram António Joaquim de Oliveira (da Guerreira) e José Ferreira Franco (da Asseiceira).
Em 1903, coube a vez, de novo, a António Joaquim de Oliveira e pela primeira vez a  Jacinto Vicente da Mota, que representaria a Linhaceira nos anos seguintes, como já vimos.



segunda-feira, 24 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 24 de Junho de 1954

A Fábrica de Papel de Matrena, para além da importância económica e social que teve na freguesia, era também um alfobre de iniciativas culturais e desportivas.
Dessa importância cultural aqui está um exemplo: no dia 24 de Junho de 1954, "numa ampla sala" da empresa, o "pelouro de Instrução e Recreio das Obras Culturais e Sociais daquele importante estabelecimento fabril" organizou uma tarde artística com a "apresentação do seu Grupo Coral, Banda de Música e colaboração de muitos dos inscritos nas aulas de música que ali são proficientemente ministradas aos trabalhadores e familiares pelo distinto professor Sr. Joaquim Coelho", conforme relatava o jornal Cidade de Tomar.
Naquela época, o dia de S. João era "feriado" na Matrena, em homenagem ao seu fundador, João de Oliveira Casquilho, nascido precisamente nessa data.

domingo, 23 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 20 de Junho de 1965

O jornal Cidade de Tomar desta data noticiava a inauguração, uma semana antes, da nova verbena (arraial nocturno) do CAT (Centro de Alegria no Trabalho) da Matrena (na Linhaceira), em instalações anexas ao mesmo. A música esteve a  cargo da orquestra Brasil, de Alferrarede.

sábado, 22 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 21 de Junho de 1949

Dois dias depois da boa nova ter sido noticiada pelo Cidade de Tomar, um dos articulistas daquele jornal, presumivelmente Manuel Martins Cobra, escrevia uma crónica de louvor, publicada na edição de 26 de Junho do semanário.
A razão não era para menos, com a comparticipação, pelo Fundo de Desemprego (!) de 123.350 escudos para a obra de abastecimento de água à Cerejeira e Linhaceira, cujo resultado chegaria às torneiras no dia 17 de maio de 1953.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 21 de Junho de 1964

Muita gente já não se lembra, mas um dos desportos que era praticado (e com êxito!) pelos trabalhadores da Fábrica de Papel da Matrena era o voleibol.
Em 1964, a equipa sagrou-se campeão distrital do desporto corporativo e chegou às meias-finais do campeonato nacional, onde, no dia 21 de Junho, só a equipa da Fábrica de Chocolates Regina a conseguiu parar.
Vale a pena rever o percurso desses jogos derradeiros, cujas crónicas foram publicadas no jornal Cidade de Tomar de 21 e 28 de Junho, a par das do campeonato de hóquei-em-patins, em que a Matrena também participava.


quinta-feira, 20 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 21 de Junho de 1959

No dia 21 de Junho de 1959, o jornal Cidade de Tomar publicava duas notícias de interesse local.
Uma era referente ao avanço das obras da Escola Primária da Cerejeira, "terminando assim o flagelo social de elevado número de crianças receber instrução num pardieiro sem as mais elementares condições".
A outra é especialmente importante por serem raras as referências jornalísticas ao Vale da Fonte, curiosamente entendido então como um lugar autónomo. Também não deixa de ser relevante que a notícia foque o regozijo dos habitantes pelo início dos trabalhos de abastecimento de água, tendo em conta o topónimo, cuja origem será certamente a Fonte do Carvalho, durante muito tempo principal abastecimento de água à Linhaceira.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 19 de Junho de 1949

No dia 19 de Junho de 1949, o jornal Cidade de Tomar transcrevia o Serviço Noticioso da Câmara Municipal de Tomar no qual se dava conta de que a autarquia tinha tomado conhecimento de que o Estado comparticipava com 123.350 escudos (cerca de 615 euros) a obra de abastecimento de água à Cerejeira e Linhaceira.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 15 de Junho de 1961

Voltamos hoje ao dia 15 de Junho, porque há um documento importante, de 1961, que não pode deixar de ser trazido a público.
Não podemos, todavia, deixar de chamar a atenção para o seguinte: os textos em causa foram escritos numa época em que Portugal vivia sob um regime ditatorial e em que todo o sistema público enfermava desse mal.
Ou seja, devem estes discursos ser lidos com o máximo cuidado e tendo a noção de que o seu fim principal era elogiarem o regime salazarista - talvez por isso digam tão pouco da realidade da Linhaceira, há meio século atrás.
Aqui ficam, pois, os discursos proferidos pelo professor Carlos Mourão, director adjunto do Distrito Escolar de Santarém, e pela professora Maria Isilda Neves da Silva, então a leccionar na Linhaceira, proferidos na inauguração do terceiro edifício da Escola Primária (actual EB1), em 28 de Maio de 1961, e reproduzidos na íntegra pelo jornal O Nabão de 15 do mês seguinte que, curiosamente, "esqueceu" a voz da Comissão de Melhoramentos local, em nome da qual discursou José Alves Garcia.
Um tema que pode ser visto com mais detalhe no espaço que já lhe dedicámos neste blogue e no livro "Linhaceira e as suas escolas", de Miguel Garcia Lopes e Nuno Garcia Lopes.


segunda-feira, 17 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 17 de Junho de 1995

Depois de um ano de trabalho, integrado no projecto educativo, e do lançamento do livro "Água a correr, tradições a cantar, nós a preservar", as crianças das escolas da Linhaceira protagonizaram, no dia 17 de Junho de 1995, um Cortejo da Água, pelas ruas de Tomar, onde não faltaram antigos apetrechos "de ir à fonte", como os cântaros, as enfusas e os carrinhos de mão adaptados para esse fim.
A reportagem foi publicada uma semana depois pelo jornal O Templário.

domingo, 16 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 16 de Junho de 1904 e 15 de Junho de 1905

Há cem anos atrás, por esta altura do ano, a Câmara Municipal nomeava os informadores para a derrama da côngrua, dois por freguesia.
Em 1904, ficaram com esse cargo, na freguesia de Asseiceira, Jacinto Vicente da Mota, da Linhaceira, e Joaquim António de Oliveira, da Guerreira.



Em 1905, Jacinto Vicente da Mota repetiu o cargo (embora o seu nome apareça truncado nos Anais do Município de Tomar), coadjuvado por António Marques dos Santos, da Asseiceira.

sábado, 15 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 15 de Junho de 1905

Neste dia, segundo os Anais do Município, a Câmara Municipal de Tomar tomou conhecimento de que a Comissão Distrital aprovara a resolução camarária de fornecer casa e mobília para a escola da Roda.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 15 de Junho de 1879

No semanário A Verdade, datado de 15 de Junho de 1879 (e acessível através da Memória Digital de Thomar), havia duas referências à freguesia de Asseiceira.
Uma delas, pouco consentânea com o rigor que hoje exigimos (ou devíamos exigir...) de uma notícia, afirma simplesmente: "Dizem-nos que vai pedir a demissão, o senhor Eusébio Freire, regedor de Asseiceira".



A outra, refere o movimento mensal de alunos, em Maio, nas escolas primárias do concelho, que já aqui publicámos, oriundo dos Anais do Município de Tomar.Por comparação com o quadro de Abril desse ano, vemos que a escola de Asseiceira era, neste período, uma das menos sujeitas a flutuações.



quinta-feira, 13 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 12 de Junho de 1994

Em dia de Santo António, destaque para a respectiva fonte, uma das mais relevantes da freguesia, em Santa Cita. Não há ali festa todos os anos, mas qunado havia era em uma das mais apetecidas para os jovens casais de namorados.
Aqui fica o registo de uma das últimas festas de Santo António do século passado, em 1994, respigado do jornal Cidade de Tomar.


quarta-feira, 12 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 10 de Junho de 1981

Hoje voltamos ainda a 10 de Junho. Em 1981, houve teatro na Linhaceira, com a peça "O casamento", pelo Grupo de Teatro da Casa do Povo do Pego, que esgotou completamente o salão da Associação Cultural e Recreativa (CAT).
O espectáculo foi organizado pelo Grupo Juvenil de Linhaceira (GJL), em resultado do 2º prémio conquistado no Grande Prémio Distrital de Quadras Populares sobre Camões, iniciativa do Centro Cultural Regional de Santarém aberta a todas as colectividades do distrito.
O grupo, cujos membros tinham então idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos, concorreu com um total de 161 quadras, escritas por José Gabriel Fonseca, Luís Garcia Lopes, Luís Simões, Nuno Garcia Lopes, Olegário Carvalho, Paulo Gilberto, Pedro Duarte e Pedro Gilberto, com o apoio de Miguel Garcia Lopes, que então tinha a idade que hoje têm os mais novos do grupo.
Publicamos o cartaz da peça, o ofício dando conta do prémio, e os originais de algumas das quadras: do mais experiente dos concorrentes (e dactilógrafo de serviço), Miguel Garcia Lopes, e de um dos mais activos membros do GJL, José Gabriel Fonseca, com cuja dedicação, infelizmente, já não podemos contar.






terça-feira, 11 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 10 de Junho de 1956

A reportagem não refere a data exacta, mas descreve todo o acontecimento com a minúcia de um pintor naturalista. A publicação foi em 10 de Junho de 1956, no jornal Cidade de Tomar.
Tratou-se da festa inaugural do Casal das Rosas, "topónimo poético de um rincãozinho junto aos lugares da Roda Grande e Roda Pequena", como o apelidou o articulista que não se demoveu ainda de o caracterizar como "liliputiana pátria silvestre em que o verde escuro e o verde-prateado ora se casam harmoniosamente, ora se divorciam em cambiantes bruscos".

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 10 de Junho de 1995

Faz hoje 18 anos, no Dia de Camões, a Linhaceira publicava aquele que terá sido provavelmente o seu primeiro livro comunitário, e também o primeiro livro de autores linhaceirenses, área em que, desde esse ano, a colheita tem sido, de facto, muito produtiva.
Intitulado "Água a correr, tradições a cantar, nós a preservar", foi um trabalho colectivo das crianças da EB1 da Linhaceira, com a coordenação dos respectivos professores, mas principalmente de Luís Alcobia, na sequência do projecto educativo da escola.
Foi, desde então, fonte de inspiração para os autores deste blogue e do livro "Linhaceira e as suas escolas".



domingo, 9 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 9 de Junho de 1995

Velha aspiração da Linhaceira (já nos anos cinquenta do século passado havia queixas e pedidos nesse sentido), a construção de um cemitério na zona central da freguesia, preferencialmente a meio caminho para os Pastorinhos, voltou a estar sobre a mesa há dezoito anos atrás.
Só que o processo, que foi coincidente com o de constituição da nova freguesia, acabaria igualmente por não chegar a bom porto.
No dia 9 de Junho de 1995, o jornal O Templário fazia reportagem com o assunto.

sábado, 8 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 9 de Junho de 1994

No dia 12 de Junho de 1994 houve eleições para o Parlamento Europeu. Três dias antes, o jornal O Templário publicava uma reportagem onde Álvaro Marques, então presidente da ACRD Pastorinhos, dava como muito provável a abstenção da população local nesse acto, como forma de protesto por não verem qualquer desenvolvimento no processo para conseguirem um médico para dar consultas no edifício construído para o efeito pela população, com o aval dos poderes públicos.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 7 de Junho de 1995

O final da Primavera de 1995 deixou sequiosos grande parte dos moradores da freguesia de Asseiceira. Isto porque a água canalizada teimava em correr com pouca pressão nas torneiras, ou não correr de todo, primeiro na Linhaceira e Pastorinhos, depois na Roda. E se nos dois primeiros casos teve resolução mais simples, no último provocou um tal descontentamento na população, que alguns moradores deslocaram-se mesmo aos SMAS no dia 7 de Junho, chegando a ameaçar cortar a estrada e as condutas de água de abastecimento a Lisboa, que atravessam precisamente a freguesia.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 6 de Junho de 1926

Foi no dia 6 de Junho de 1926 que a Confraria do Senhor Jesus das Necessidades, em Santa Cita, aprovou em assembleia geral os respectivos estatutos, que depois receberiam o aval do Governador Civil de Santarém e do Cardeal Patriarca de Lisboa.
A efeméride foi lembrada pelo jornal O Nabão, em 1976, a propósito do cinquentenário do acto.



Os dias da Linhaceira: 4 de Junho de 1982

Há trinta e um anos atrás, o Centro de Cultura Popular de Tomar, organizador do saudoso Festival de Cinema para a Infância e Juventude, dinamizava um conjunto de actividades relacionadas com o Dia Mundial da Criança, que incluiam cinema nas escolas rurais do concelho.
No dia 4 de Junho de 1982, coube a vez à Linhaceira, que recebeu uma sessão de cinema no Centro Culltural e Recreativo (sic), segundo nos conta o jornal O Nabão.


quarta-feira, 5 de junho de 2013

A BTL amanhã à noite na Feira do Livro de Tomar

Para os amigos que nos têm seguido ao longo destes quase dois meses e meio, aqui fica o convite para conhecerem melhor o interior deste blogue.
Vai ser amanhã, quinta-feira, dia 6, pelas 21 horas, na Feira do Livro de Tomar (no Pavilhão Municipal). Por esse motivo, a nossa publicação diária, que costuma estar online a partir da meia-noite, só será publicada (ao vivo) a essa hora.
Apareçam!

Os dias da Linhaceira: 5 de Junho de 1995

A data era a ideal para abordar o assunto (5 de Junho de 1995, Dia Mundial do Ambiente), até porque o concelho de Tomar depositava então os seus resíduos numa lixeira indescritível junto ao Aqueduto dos Pegões e os ecopontos eram ainda uma miragem.
Mas na freguesia de Asseiceira era grande o receio com a possível contaminação dos solos e das águas subterrâneas, bem como a estupefacção pelos locais alternativos para um aterro sanitário que iria servir uma dezena de municípios estarem todos situados no seu território.
Daí que se acompanhassem com a maior atenção todas as novidades sobre o assunto, como esta reunião ocorrida em Alcanena, e relatada pelo Jornal O Templário.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 4 de Junho de 1994

No sábado, dia 4 de Junho de 1994, a capela dos Pastorinhos recebeu a visita do Bispo de Santarém, D.António Francisco Marques.
O motivo era a apresentação de mais um melhoramento construído pela população local, no caso os anexos à capela, onde funcionam as salas de catequese, reuniões e a casa mortuária.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Os dias da freguesia: 3 de Junho de 1909 e de 1995

É um dos aglomerados populacionais mais pequenos da freguesia, mas também dos mais antigos (confirmar no livro "Linhaceira e as suas escolas"). Por isso, não é todos os anos que há festa no Grou.
Mas houve em 3 e 4 de Junho de 1995, conforme se pode ler nesta notícia de O Templário.



Curiosamente, nesta mesma data, mas em 1909, foi a reunião de Câmara a reparação urgente da fonte daquele mesmo lugar.




domingo, 2 de junho de 2013

Top 10 do mês de Maio

Mais uma vez, e porque resultou bem no mês passado, aqui fica a lista dos dez temas mais vistos no blogue durante o mês de Maio.
Com diversos momentos de relevo histórico, foi um mês em que tardou a definir-se uma tendência clara. Porém, quando surgiu, já na ponta final do mês, o tema vencedor rapidamente escalou até ao primeiro lugar, sendo até agora a mensagem mais vista num único mês.



Cortejo das Galinhas - 22 de Maio de 1960



Nossa Senhora de Fátima - 17 de Maio de 1954

Top Abril - 6 de Maio de 2013

Cronologia de Abril - 6 de Maio de 2013

Eleições 1975 - 3 de Maio de 1975

Batalha de Asseiceira - 16 de Maio de 1834

Estação de Santa Cita - 9 de Maio de 2010



Alunos da EB1 Linhaceira - 26 de Maio de 1904 e de 1995

Abastecimento de água - 17 de Maio de 1953

10º Moinhos da Guerreira - 20 de Maio de 1870


Duas festividades religiosas que marcaram profundamente a sua época destacaram-se de forma nítida nas visualizações. Aparecem depois o top e a cronologia de Abril, que fazem todo o sentido enquanto súmulas do mês.
Seguem-se as primeiras eleições livres e a batalha que marcou a História local. Há ainda lugar para os comboios, mas o tema mais repetido nesta tabela é a água, três vezes referida.

Os dias da Linhaceira: 2 de Junho de 1995

Há dezoito anos viviam-se dias agitados por estas bandas. No mesmo dia em que se realizou a Assembleia de Freguesia que chumbou a pretensão linhaceirense de ter uma freguesia própria, o jornal O Templário, que chegava às bancas à quinta-feira, mas com data do dia seguinte (neste caso, 2 de Junho de 1995) noticiava que o estudo prévio do aterro sanitário intermunicipal (que acabaria por ser construído na Chamusca, onde ainda hoje funciona), apontava três localizações alternativas, mas todas no sul da freguesia de Asseiceira.

sábado, 1 de junho de 2013

Os dias da Linhaceira: 1 de Junho de 1995

Foi um dos dias de maior expectativa para os linhaceirenses em toda a sua História. Ao final da tarde de 1 de Junho de 1995, cerca de centena e meia de pessoas concentrou-se junta à sede da Junta, que então funcionava no antigo edifício da Câmara, e cuja sala ficou absolutamente lotada, para a Assembleia de Freguesia extraordinária em que foi votada a proposta de criação da freguesia de Linhaceira.
Contra toda a lógica, e mau grado as melhores expectativas dos proponentes, após as diligências anteriores (dos nove votantes na Assembleia, cinco tinham assinado o documento de apoio à criação da freguesia), e apesar de uma ausência, houve cinco votos contra.
A sessão terminou com alguma polémica e em jeito de desafio de futebol, com a "claque" local a aplaudir o resultado e os "visitantes" a injuriarem o "árbitro".
O Templário fez a reportagem.