quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

As revelações do ano

Ao terminarmos 2015, relembramos algumas das revelações mais importantes para a nossa História colectiva que fomos apresentando ao longo do ano (basta clicar no link para aceder ao artigo original). Se as dúvidas continuam a ser muitas, há cada vez mais perguntas a que conseguimos responder:

- O que distingue a Linhaceira da Mynhaxeira? - Talvez a Linhaxeira

- Onde se pode obter rapidamente a cronologia histórica do antigo concelho de Asseiceira? - Aqui

- E onde estão sistematizados os 25 anos do Carnaval da Linhaceira? - Aqui

- A nossa Linhaceira é única, ou há mais? - Há pelo menos mais uma em Arouca

- E qual a origem do seu nome? - Cada vez faz mais sentido que seja o linho, em português ou em galego

- Alguém já se deu ao trabalho de fotografar as nossas chaminés típicas? - Sim, o Carlos Marques

-  Já sabemos mais alguma coisa sobre o porto da Linhaceira? - De forma directa, não, mas há fontes indirectas que nos ajudam, como esta, do mesmo modo que a investigação no local

- Será que alguém podia ser registado com o nome de Linhaceira? - Podia e se calhar até era de cá

- E que mais podemos saber sobre os nossos antepassados? - Pelo menos os nomes de alguns, desde os anos 1900 até por volta de 1700

E para terminar da melhor maneira, nada como uma imagem alusiva ao principal acontecimento do ano: a conclusão da estrutura e acessos do Salão Multiusos (na foto, numa fase embrionária, ainda em 2014). Que 2016 volte a ser um ano pródigo para a nossa comunidade!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: Dezembro de 1965

Em época de balanços, faz sentido relembrar quais as principais aspirações da freguesia de Asseiceira há exactamente 50 anos. O inquérito foi feito pelo jornal O Nabão, que ouviu o presidente da Junta de Freguesia de então, Manuel Martins Cobra, e o pároco, António José dos Santos.



segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 27 de Dezembro de 1964

Segundo a acta nº 138, datada de 27 de Dezembro de 1964, foi nesse dia eleita a Direcção da Irmandade de Nossa Senhora do Conforto dos Aflitos, para o biénio 1965/66, assim constituída:
Juiz - Francisco Guido
Secretário - Fernando Marques
tesoureiro - António Rafael dos Santos
Vogais - Manuel Rafael Lopes, Manuel Carlos, Manuel Vicente Bernardino e Manuel Rodrigues


domingo, 27 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: Dezembro de 1990

Ainda em modo natalício, aqui está uma preciosidade encontrada no baú do Jardim de Infância da Linhaceira: a festa de Natal de há 25 anos.



sábado, 26 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 26 de Dezembro de 2013

Foi no dia 26 de Dezembro de 2013 que começou a montagem do contentor onde actualmente funciona a terceira sala de aulas da Escola Básica do 1º Ciclo da Linhaceira. O processo decorreu na sequência de deliberação da Câmara de Tomar, após meses de incertezas e de duras negociações entre as diversas partes envolvidas.




sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 25 de Dezembro de 1974

Faz hoje 41 anos o primeiro Natal passado em liberdade após a queda da ditadura em Portugal. Um pouco por todo o país, a vontade e a crença na mudança levavam ao aparecimento de um número significativo de colectividades.
Na Linhaceira, a data ficou marcada como a da fundação da Associação Cultural e Recreativa. Ainda há dias, no almoço de aniversário, alguns dos sócios mais antigos comentavam não ter a certeza do que aconteceu de facto nesse dia, ou se foi apenas escolhido como uma data simbólica.
A verdade é que é essa a data que ostenta a bandeira da ACRL.
Fica também a curiosidade de outros acontecimentos que marcaram o dia 25 de Dezembro de 1974, a partir da listagem feita pelo site ponteiro.com.br. Como é que a data da fundação da ACR lá foi parar, eis outra dúvida para este dia.


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 24 de Dezembro de 2015

No Dicionário Houaiss (o mais completo da Língua Portuguesa, em 16 volumes), a palavra não aparece. O mais próximo é filhó, beilhó ou belhó.
Daí que o velhós mereça ser preservado como património local do concelho de Tomar e muito especialmente da freguesia de Asseiceira.
Estes foram acabados de fazer.
Feliz Natal para todos!





Os dias da Linhaceira: 24 de Dezembro de 2013

Também em 2013, o vento forte causou alguns estragos por estes lados, embora bem menos significativos do que em 2009. Suficientes, porém, para provocar uma quebra de energia eléctrica que deixou uma parte da Linhaceira sem electricidade durante a noite e parte do dia de Natal, conforme o relato do blogue Tomar na Rede.


quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 23 de Dezembro de 2009

Durante a noite, o vento rugiu de forma assustadora, com silvos medonhos nunca antes ouvidos. Não admira: as estações meteorológicas registaram rajadas superiores a 140 km/hora no Oeste, a zona mais afectada do país, mas os meteorologistas concluíram que no espaço intermédio entre as duas estações os valores terão sido superiores e que a alguma altitude terão mesmo atingido os 250 km/hora!
Apesar de não chegar aqui com a intensidade máxima, os valores também terão sido significativos, com o vendaval a circular no sentido oeste-noroeste. Pela manhã, quando foi possível verificar os estragos, foi impressionante ver como árvores de grande porte foram simplesmente derrubadas pela raiz. É o caso do vetusto cipreste frente ao ATL e de pinheiros existentes do outro lado da estrada, na Linhaceira, um deles no interior do jardim-de-infância. Mas o caso mais grave na freguesia foi mesmo a queda de uma chaminé que destruiu um telhado na Asseiceira, chegando a causar ferimentos ligeiros nos moradores.
Alguns pontos de pinhal ficaram também juncados de árvores caídas.
Tudo isto aconteceu na madrugada de 23 de Dezembro de 2009, por coincidência exactamente cem anos depois das grandes cheias de 1909.
Para quem tenha curiosidade pelos aspectos mais teóricos deste fenómeno, há um interessante artigo que o analisa no site do IPMA.






terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 22 de Dezembro de 1909

As maiores cheias do rio Nabão depois de 1852 ocorreram no dia 22 de Dezembro de 1909. Na Matrena, a água subiu a cerca de um metro na parte mais baixa da fábrica (do lado de Santa Cita). Não chegou a submergir a ponte, mas os populares (que subiram à encosta para observar o impressionante caudal) chegaram a temer a sua destruição.
A imagem (um dos raros testemunhos fotográficos conhecidos desse dia) mostra a Corredoura, em Tomar, parcialmente inundada.
Os testemunhos escritos, porém, são impressionantes, e podem ser lidos aqui e aqui.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 21 de Dezembro de 2014

Os 40 anos da Associação Cultural e  Recreativa de Linhaceira foram comemorados em 21 de Dezembro de 2014, ainda na tenda, mas já com o Salão Multiusos a erguer-se no horizonte. As fotografias são do facebook da ACRL.
Recordemos, a propósito, a comemoração dos 20 anos da Associação, no edifício da Casa do Povo, aqui.



domingo, 20 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 20 de Dezembro de 2014

É uma das tradições recentes, mas que se tem vindo a consolidar ano após ano - e já lá vão cinco: faz hoje uma no, tal como este fim-de-semana, houve Passeio de Pais Natal de Bicicleta na Linhaceira.
A foto faz parte do conjunto fotografado pro Luís Ribeiro, do blogue Tomar a Cidade, que também este ano já divulgou o evento.


sábado, 19 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 19 de Dezembro de 1281

Faz hoje 724 anos o documento de posse da albergaria e igreja de Ceiceira, com seus termos, emitido à Ordem do Templo por ordem da rainha D. Beatriz. Foi no dia 19 de Dezembro de 1281, em Torres Novas, onde a rainha então se encontrava (a diferença do ano no documento tem a ver com o facto de então estar ainda em vigor o calendário juliano, depois substituído pelo gregoriano).
Este é um dos mais antigos documentos existentes sobre o antigo concelho de Asseiceira, encontrando-se no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.



sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 17 de Dezembro de 1914

Vale a pena voltar hoje ao singelo envelope de correio que ontem abordámos para contar a história um pouco mais para trás, de novo com o decisivo contributo das pesquisas genealógicas feitas por Miguel Garcia Lopes.
Ficamos assim a saber que Clementina Santa (que também aparece em registos como Clementina Maria ou Clementina da Conceição), nasceu em 1852, sendo filha de António Mota e Joaquina de Jesus.
Conseguimos ainda acompanhar a linhagem masculina por mais duas gerações: António Mota nasceu em 1815, filho de Manuel António Mota e Rosália de Jesus e neto de António José da Mota e de Ana Maria.
Da parte do pai de João Sousa (filho de Clementina Santa), deparamos porém com uma barreira intransponível: a inscrição "pai incógnito" no livro dos registos de baptismo. E quanto a isso, nada a fazer.
Podemos dizer-vos, como consolação, que o sogro de João Sousa (pai da sua mulher Maria Rosária) se chamava Feliciano Vicente e era casado com Rosária Antónia. Seguindo a linhagem paterna, os avós de Maria Rosária foram Rafael Vicente e Podenciana Rosa, os bisavós Inácio Vicente e Maria Rita e os bisavós Manuel Vicente e Josefina Maria.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 17 de Dezembro de 1906

Mostramos hoje um envelope de correio, com carimbo de há exactamente 109 anos, dirigido a Clementina Santa, residente no "logar" de "Alinhaceira" (sobre esta corruptela do topónimo Linhaceira ver este artigo).
A propósito deste simples envelope podemos contar uma ampla história, graças ao profundo trabalho de pesquisa desenvolvido por Miguel Garcia Lopes.
A carta tem como remetente João Sousa, filho de Clementina, nascido em 1886 (tinha então 20 anos, e escrevia à mãe porque estava na tropa).
João Sousa casaria poucos anos depois, em 18 de Fevereiro de 1911, com Maria Rosária, tendo sido pais de Maria de Sousa (nascida em 20 de Abril de 1912 e que casaria com Joaquim Alves Garcia Júnior), Florinda de Sousa (28 de Junho de 1915, e que casaria com Jacinto Lopes Franco), Manuel Sousa (15 de Setembro de 1918) e Belmira Maria de Sousa (nascida em 16 de Março de 1921, casaria com José Rafael Lopes).
Ou sejam, andam por aí muitos bisnetos, trinetos e tetranetos desta senhora.


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 16 de Dezembro de 1813

Não era muito frequente haver casamentos em Dezembro na paróquia de Asseiceira, no início do século XIX. 1813 foi uma excepção, incluindo este enlace realizado faz hoje 202 anos, entre João da Rosa e Anna Agostinha, dos Cazaes da Roda.
Recorde-se que o casamento mais antigo que se conhece na Roda é de 1706 (pode ser visto aqui), sendo o mais antigo conhecido na freguesia referente à Linhaceira, em 1706 (disponível aqui).

 


terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 15 de Dezembro de 1740

Data de 15 de Dezembro de 1740, a certidão passada pela Câmara de Tomar confirmando os privilégios originariamente concedidos a Asseiceira pelo rei D. Dinis e sucessivamente confirmados pelos seus sucessores. Esta certidão foi passada a pedido de Domingos Francisco, morador na vila, e citada por Amorim Rosa em "A vila de Asseiceira e seu termo".
Uma mera coincidência leva-nos a questionar se este Domingos Francisco não poderá ser o filho de Domingos Jorge e Domingas Francisca, nascido em São Salvador de Modivas (Vila do Conde), em 13 de Março de 1910.
É que tudo o que encontrei sobre ambos bate certo: o Domingos Francisco vilacondense teria 30 anos em 1740 e foi pai de Maria da Assunção, que casou com José Simões, nascido e morador na Asseiceira.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 14 de Dezembro de 1914


Segundo a acta da sessão da Câmara de Tomar de 14 de Dezembro de 1914 (faz hoje 101 anos), foi deliberado autorizar o presidente da respectiva Comissão Administrativa a assinar o contrato de arrendamento da casa para a escola do sexo masculino de Santa Cita, e habitação do respectivo professor, feita a Carlos Antunes, pela renda mensal de três escudos. O edifício ainda hoje existe (ver foto). A propósito deste assunto, podem ver mais dados aqui e no livro "Linhaceira e as suas escolas".



domingo, 13 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: Dezembro de 1964

Uma notícia de há 51 anos, publicada no jornal Cidade de Tomar, alusiva ao arranjo da estrada para o Grou.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: Dezembro de 1964

Ora aí está uma figura que se perdeu no tempo (ou talvez tenha apenas mudado de nome): o farrapeiro, com uma vertente natalícia.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: Dezembro de 1964

O artigo é do jornal Cidade de Tomar, tem 51 anos e queixa-se de actos de vandalismo no fontanário público.


terça-feira, 8 de dezembro de 2015

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 8 de Dezembro de 2012, 2013 e 2014

Hoje, este artigo é quase um jogo de descubra as diferenças. Mas a continuidade revelada nos três cartazes que publicamos, referentes ao 8 de Dezembro de 2012, 2013 e 2014, é essencialmente sinónimo de um dos festejos mais tradicionais da Linhaceira, tão enraízado que não precisa de outro nome que não a própria data.
Variedades com artistas locais (até essa designação hoje em desuso aqui sobrevive), velhoses e café caseiro continuam a ser a marca desta verdadeira festa popular praticamente com meio século.




domingo, 6 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 6 de Dezembro de 2015

E provou-se hoje mesmo, com o almoço do 41º aniversário a realizar-se já no espaço do salão multiusos. Uma abertura provisória, apenas para que os sócios e amigos da ACR Linhaceira pudessem constatar o "milagre". Foi assim que o presidente da Direcção, Lino Lopes, se lhe referiu. E foi um "milagre" pôr de pé uma obra destas em tão poucos meses. Mas um milagre que tem por trás um grupo de "santos" bem identificados. E a esses, o mínimo que podemos dizer é obrigado!



Os dias da Linhaceira: 4 de Dezembro de 2013

O recorte que hoje publicamos parece não bater certo com a data, mas bate. De facto, há apenas dois anos atrás, a Associação Cultural e Recreativa da Linhaceira comemorava o seu 39º aniversário com o presidente da Direcção, Lino Lopes, a manifestar a vontade de construção de um pavilhão multiusos. Apenas dois anos depois, volta a provar-se a capacidade empreendedora dos linhaceirenses.



sábado, 5 de dezembro de 2015

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: 5 de Dezembro de 1954

No dia 5 de Dezembro de 1954 era notícia no jornal Cidade de Tomar a chegada ao posto escolar da Cerejeira da regente Maria de Lourdes dos Santos Lima. Recorde-se que a escola não funcionava ainda no edifício definitivo, mas numa casa hoje completamente em ruínas a caminho das Matas.


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Os dias da freguesia: Dezembro de 1977

Um documento interessante de há 38 anos: a notícia do jornal O Nabão com os nomes dos elementos que integravam as comissões de culto da igreja de Santa Cita e das capelas da Linhaceira, Roda e Pastorinhos para o triénio 1978/1980.


quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 1 de Dezembro de 2009

Há seis anos, o dia 1 de Dezembro também calhou à terça-feira, mas era então feriado, boa ocasião para a Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira comemorar o seu 35º aniversário, como relata o jornal O Templário.


segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Os dias da freguesia: Novembro de 1961

Por vezes (diria mesmo, quase sempre), ser curta e concisa é a melhor forma para uma mensagem.
É o caso desta, escrita em Novembro de 1961 e publicada no jornal O Nabão, àcerca da premência de instalações condignas para a Casa do Povo na Roda.


domingo, 29 de novembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 27 de Novembro de 1807

No dia 27 de Novembro de 1807, um exército espanhol comandado por D. Juan Carrafa e composto por 7.593 homens atravessou o nosso território, vindo de Punhete (Constância) e dirigindo-se a Tomar, pelo caminho Roda - Linhaceira - Matrena - Santa Cita - Guerreira.
O episódio aconteceu no decorrer da 1ª invasão francesa, que contou com o apoio do exército espanhol, no âmbito de uma aliança entre os dois países, que recebeu o nome de Tratado de Fontaineblau, e que previa a divisão de Portugal em três parcelas, conforme se pode ver no mapa oriundo do site Área Militar, e segundo o qual a Linhaceira passaria a fazer parte de Espanha.
Em cumprimento desse acordo, em 22 de Novembro os franceses afirmam que a Casa de Bragança deixou de reinar em Portugal, abrindo do ponto de vista jurídico o precedente para a posterior divisão do país.
Felizmente, após muita tortura, as forças portuguesas, apoiadas por Inglaterra, haviam de levar a melhor.


sábado, 28 de novembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 27 de Novembro de 2010

A opção, bem saudável para o corpo e para a mente, pela realização regular de caminhadas, tem trazido frutos à Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira. Um deles foi a atribuição pela Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto, em 27 de Novembro de 2010, do prémio da melhor fotografia de caminhadas de 2010.


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Os dias da Linhaceira: 27 de Novembro de 1995

Hoje é um dia redondo. O autor destes textos celebra 20 anos da edição do seu primeiro livro, que foi também o primeiro de muitos entretanto publicados por autores linhaceirenses.
Por isso, nada mais adequado do que um poema de amor à terra que me viu nascer, também neste dia, retirado do livro "Este pão não é de trigo, é de papoilas", (edição de O Contador de Histórias, em 2001).