quinta-feira, 30 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 26 de Abril de 2010

Decorreu no dia 26 de Abril de 2010, e foi notícia no Templário dessa semana, mais uma edição do Festival das Sopas do Campo, organizado pela ACR Linhaceira.


quarta-feira, 29 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 29 de Abril de 1928

Aquela que é carinhosamente tratada por capela velha da Linhaceira faz hoje 87 anos, uma vez que foi inaugurada no dia 29 de Abril de 1928.
Aqui ficam alguns pormenores do seu interior, captados há um ano atrás, e raramente vistos em fotografia.






terça-feira, 28 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 29 de Abril de 1994

No jornal O Templário de 29 de Abril de 1994 chamava-se a atenção para o perigo que representava um escorrega, na Asseiceira, onde as crianças eram projectadas directamente para... a estrada. Foi apenas há vinte anos, mas, apesar de alguns exageros, a segurança infantil evoluiu imenso de então para cá.



segunda-feira, 27 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 27 de Abril de 1950

O segundo edifício escolar da Linhaceira, actual ATL, faz hoje 65 anos, uma vez que foi inaugurado em 27 de Abril de 1950.
Aqui ficam alguns registos da sua história:

 Inauguração, em 27 de Abril de 1950.

 Como escola do Ensino Básico Mediatizado, no início do século XXI.

Já como ATL, em 2013.

domingo, 26 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: Abril de 1964

Há cinquenta anos, o regime ainda comemorava o 28 de Maio de má memória e montava-se a estrutura para os primeiros telefones particulares da Linhaceira.


sábado, 25 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira - 25 de Abril de 1976

Na manhã de 25 de Abril de 1974, nos meus 8 anos, eu não tinha qualquer consciência política. À noite, chorei de alegria ao ir a casa da minha avó informar que Marcello Caetano se tinha rendido.
Os dois anos que se seguiram foram dos mais extraordinários da minha vida, com a Linhaceira em geral e a Escola Primária em particular a viverem intensamente o melhor do PREC.
É provável que existam documentos desses anos fantásticos que cimentaram a minha crença na possibilidade de construir um mundo melhor.
Daquilo que tenho, aqui fica a capa da minha "revista" A Vida datada de 25 de Abril de 1976, dia de festa e de eleições.


sexta-feira, 24 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 22 de Abril de 2010

Em terra de caminheiros, só podia ter sido um êxito a 22ª edição do Encontro Nacional, e primeiro ibérico, que o CALMA organizou em Abril de 2010 e que teve como ponto de partida e de chegada a Linhaceira. A reportagem é do jornal O Templário de 22 de Abril desse ano.


quinta-feira, 23 de abril de 2015

Os dias da freguesia: Abril de 1964

Continuamos a observar a freguesia de Asseiceira há 50 anos, através das notícias que iam sendo publicadas no jornal Cidade de Tomar. Hoje, o regozijo dos habitantes de Santa Cita por terem quase concluídos os trabalhos de abastecimento de água.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 18 de Abril de 1965



Lamentavam-se os moradores da Roda Grande, nas páginas do jornal Cidade de Tomar, faz agora cinquenta anos, pela demora em chegar da luz eléctrica.



segunda-feira, 20 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 18 de Abril de 1965

Ora aí está um tema fracturante numa notícia sobre a freguesia de Asseiceira de há 50 anos. Nada menos do que a prostituição. Além do tema, também os termos da notícia não deixam de ser curiosos, vistosa à luz dos nossos dias.


domingo, 19 de abril de 2015

Inventário fotográfico da Linhaceira; 5 - "Cruzados" junto à igreja velha

Ora aí está mais uma foto curiosa, cuja composição fica valorizada pela presença da motorizada. Interessante também a vista do lado esquerdo do observador, quando o que havia aí era ainda apenas uma horta.


sábado, 18 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 12 de Abril de 2001

O articulista chamava-lhe um crime: no dia 12 de Abril de 2001, no jornal O Templário, noticiava-se o facto de, a juntar ao perigo de derrocada da Estrada Nacional 358-1, ter sido roubada a sinalização que existia no local.


sexta-feira, 17 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 15 de Abril de 1970

No mesmo jornal, dava-se conta de uma outra festa, no caso das crianças da catequese, em Santa Cita.


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 15 de Abril de 1970

O jornal O Nabão de 15 de Abril de 1970 dava conta da realização, no dia 5 desse mês, de uma récita pelas alunas da Escola Primária da Linhaceira, orientadas pela professora Maria de Lurdes Pinto, a qual teve lugar no CAT.


quarta-feira, 15 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 15 de Abril de 1979

O jornal O Nabão de 15 de Abril de 1979 publicou este curioso artigo sobre a possível instalação de uma escola de condução em Santa Cita.


terça-feira, 14 de abril de 2015

Os dias da freguesia: 12 de Abril de 1950

Data de 12 de Abril de 1950 a reunião da Câmara de Tomar em que o executivo tomou conhecimento das despesas efectuadas com a construção de várias escolas primárias, entre as quais a de Santa Cita, cujo custo de comparticipação do município foi de 123.802$40 (cerca de 620 euros, na moeda actual).


segunda-feira, 13 de abril de 2015

E se Manuel Francisco fosse mesmo da Linhaceira?

Para perceberem o artigo de hoje é fundamental começarem por ler o de ontem, que nos fala da descoberta de um homem, nascido cerca de 1783, chamado Manuel Francisco Linhaseira.
Continuamos no campo das suposições, especulação pura. Porém, a verdade é que, compulsando os arquivos da genealogia local que Miguel Garcia Lopes tem vindo a criar, se nos deparam dois possíveis candidatos linhaceirenses:
O primeiro é  Manuel Francisco, nascido em 1782, na Linhaceira, filho de Inácio Francisco e de Maria Simoa (ela natural do Outeiro, freguesia de Paio de Pelle, actual Praia do Ribatejo), e neto de Manuel Francisco e de Francisca Maria (da Linhaceira) e de António da Silva e Margarida Simoa (do Outeiro). A diferença de meses bate certo com a possível idade de incorporação militar e entre os muitos Manuéis Franciscos da época, seria natural a referência ao local de nascimento para o diferenciar.
Outro possível candidato seria Manuel Francisco, nascido em 1780 ou 1781 (foi baptizado logo no início de 1781) em Val Sás, filho de António Francisco e de Genoveva Maria e neto paterno de Manuel Francisco e de Maria dos Anjos. Sendo também uma hipótese e dando força à ideia de que este era um nome muito vulgar na época, e aparecendo a zona do Falagueiro com alguma referência confundida com a Linhaceira, nessa época, é bastante menos provável do que o primeiro.
Mantenho a chamada de atenção: tudo isto, para já, é muito especulativo. Mas que bate extraordinariamente certo, lá isso é verdade.

domingo, 12 de abril de 2015

As Linhaceiras que há no mundo, 3 - Manuel Francisco Linhaseira

Voltando a esta curiosa temática, aqui está uma descoberta fora do vulgar: num registo do Projecto GERMIL - Genealogia em Registos Militares, da responsabilidade do Arquivo Histórico Militar, encontrámos um soldado, nascido cerca de 1783, chamado Manuel Francisco Linhaseira.
Fica a dúvida se o apelido se leria Linhaceira ou Linhazeira, embora para a época seja bastante provável a primeira hipótese.
Interessante, também, verificar que era natural do lugar da Alinheira, embora não haja mais dados que permitam perceber onde ficaria esse lugar.
Relembre-se que a Linhaceira aparece referida como "Cazaes da Linheira" no índice do Dicionário Geográfico, em 1751 e que ainda no século XX era frequente que se dissesse e escrevesse "Alinhaceira".
Por outro lado, era frequente os soldados serem conhecidos pelo nome da terra de onde eram naturais.
Claro que estou a especular demasiado. Para já, basta-nos essa curiosidade de haver alguém com o nome da nossa terra.


sábado, 11 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 10 de Abril de 2005

Há dez anos atrás, no dia 10 de Abril de 2005, a empresa de construções Líder Americano, do Fernando Ferreira, comemorava o quarto aniversário, como contava a Rádio Cidade de Tomar.


sexta-feira, 10 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 10 de Abril de 2014

A 10 de Abril de 2014, o blogue da EB1 Linhaceira tornava pública a campanha de preservação da água que os alunos da nossa escola estavam a efectuar junto da população da freguesia.



quinta-feira, 9 de abril de 2015

A Linhaceira nos livros, 1 - "José Martinho - Do sonho à obra"

Por vezes, encontramos referências à nossa terra onde menos esperamos. Entre a bibliografia fundamental para compreender a História da Linhaceira, contam-se livros essenciais da História do concelho, como "Thomar - Santa Iria", de Vieira Guimarães ou os "Anais do Município de Tomar", compilados por Amorim Rosa.
Neste caso, porém, a referência foi uma surpresa.



Trata-se de "José Martinho - Do sonho à obra", um volume de excelente qualidade gráfica, fruto do trabalho de investigação e escrita de Francisco Salgueiro e Cátia Salgueiro, publicado pela Fundação Maria Dias Ferreira, no âmbito do admirável esforço de resgate da memória de Ferreira do Zêzere que aquela entidade tem levado a cabo.
É um livro dedicado à vida e obra de José Martinho, dirigente associativo, autarca e benemérito de relevo e fundador do jornal que há meses atrás fez um dos títulos mais bonitos sobre o Carnaval da Linhaceira, o Despertar do Zêzere.
Mas isso foi um mero acaso, pois nada o ligava a esta terra. A não ser o episódio narrado no livro e que transcrevemos abaixo:


terça-feira, 7 de abril de 2015

Inventário fotográfico da Linhaceira, 4: meninas da 4ª classe, 1955

Nesta foto, datada de 1955, encontramos as meninas que frequentavam a 4ª classe na Escola Primária da Linhaceira nesse ano, acompanhadas pela professora Isilda Silva. Mais uma para o inventário fotográfico da Linhaceira. Se tiverem outras fotografias antigas (de 1999 para trás, ou mesmo mais recentes) de pessoas ou apenas de lugares da Linhaceira e arredores, contactem-nos pelo e-mail apaeli@gmail.com .
Data corrigida, de acordo com as informações da Salomé Brás.


segunda-feira, 6 de abril de 2015

Os dias do concelho: Abril de 1915

Faz agora cem anos, vivia-se um período conturbado com constantes mudanças no Governo da República. Essa situação, por vezes quase caótica, reflecte-se de forma evidente nas citações das reuniões da Câmara de Tomar, feitas por Amorim Rosa no último volume dos "Anais do Município".
Frequentes são também as mudanças legislativas. É o caso das posturas municipais referentes à venda ambulante. No início do ano de 1915 foi proposta a sua redacção e poucos meses depois que se acrescentasse um parágrafo referente às coimas.
A sua leitura permite também termos uma ideia do tipo de comércio que então se fazia.



Aqui fica também uma imagem do mercado semanal, em Tomar, por essa época (ainda na Praça que então já se chamava da República).


domingo, 5 de abril de 2015

A coroa do Espírito Santo de Asseiceira

De quatro em quatro anos, no domingo de Páscoa, saem à rua em Tomar as coroas do Espírito Santo oriundas das freguesias do concelho, naquele que é o primeiro cortejo de anúncio da Festa dos Tabuleiros.
Destas coroas, a mais antiga é a de Asseiceira, datada de 1544. É uma peça de prata, com lavores renascença, encimada pela pomba do Espírito Santo. A cinta é decorada com cabeças aladas de anjos e o arrendado superior, com lavores fantasiosos, é firmado por dois medalhões característicos daquele estilo.
Aqui ficam duas imagens da coroa, obtidas de ângulos diferentes, e uma foto da cerimónia evocativa dos 700 anos do Foral de D. Dinis, em 2 de Janeiro de 2015, em que esta peça esteve em posição de destaque. Esta foto permite também que observemos o pormenor da calçada representando precisamente a coroa.





sábado, 4 de abril de 2015

Manoel de Oliveira e a Linhaceira

O cineasta Manoel de Oliveira não teve nada a ver directamente com a Linhaceira, mas os seus genes tiveram. Explicando melhor: Pedro Oliveira, responsável do atelier PLCO Arquitectos, e neto do realizador, foi o criador de uma das três ideias para o Centro Escolar da Linhaceira, apresentadas o ano passado.
Original no seu trabalho e pouco seguidor das convenções, tal como o avô, criou uma escola arrojada, onde o recreio ficava na cobertura e havia uma abertura em escorrega para regressar ao interior, e na qual as salas de aula se confundiam com o espaço da biblioteca.
Era um projecto tão arrojado, mas muito bem defendido do ponto de vista pedagógico, que, se tivesse sido escolhido e construído, a Linhaceira passaria a fazer parte, seguramente, do roteiro internacional da arquitectura e da inovação escolar.
Porém, mesmo sem a sua concretização, a existência dessa proposta passou a fazer parte, indelevelmente, da História da Linhaceira.
Aqui ficam algumas imagens da apresentação: um frame do file "Aniki Bobó" de Manoel de Oliveira para mostrar a escola tradicional, uma imagem virtual do edifício e a maqueta observada de vários ângulos.






sexta-feira, 3 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 3 de Abril de 2011

Apesar de ter ocorrido uma semana antes, a primeira caminhada da ACR Linhaceira no ano de 2011 foi notícia no site da Federação das Colectividades do Distrito de Santarém no dia 3 de Abril desse ano.


quinta-feira, 2 de abril de 2015

Os dias da Linhaceira: 1 de Abril de 1982

Vale a pena regressar ao nº1 do jornal Incógnita, publicado em Abril de 1982, num iniciativa do Grupo Juvenil de Linhaceira. Para além de notícias locais, o leque de artigos era muito variado e mesmo surpreendente quando voltamos a olhar para ele passadas três décadas.
Um dos casos mais flagrantes é o artigo assinado pelo Olegário Margarido (Carvalho), que foca o problema das alterações climáticas de um modo a que hoje estamos habituados mas que ainda demoraria bastante tempo a entrar nas temáticas jornalísticas.
Eis a lista de colaboradores deste número, compilada a partir dos artigos assinados: Nuno G. Lopes, Miguel Garcia, José Gabriel Fonseca, Anabela Silva, Pedro Lopes C. Gilberto, Olegário Margarido, Margarida Pereira, Leonel Salvador. Mas houve mais gente nos bastidores, como se depreende da leitura destas páginas.



quarta-feira, 1 de abril de 2015

A nossa mentira de 1 de Abril

Esta é já requentada: o jornal só com notícias falsas (ou se calhar, nem todas...), foi publicado na Linhaceira no Carnaval. Mas para quem não leu o "Carlitos Periódico", e para voltar a abrir um sorriso aos que o leram, aqui fica a notícia de onde Cristiano Ronaldo quer terminar a carreira: na ACRL, pois claro!
A deliciosa ilustração que acompanha o texto é do Gonçalo Figueiredo.


Os dias da Linhaceira: 1 de Abril de 1982

Dos jornais ou afins publicados na Linhaceira e que não se confinaram ao papel de boletins internos de colectividades ou instituições, temos nota de três: "Incógnita" em 1982, "Novo Rumo" em 1992 e "Carlitos Periódico" em 2015.
O primeiro, que durou quatro números, durante outros tantos meses, estreou-se precisamente há 33 anos com o número referente a Abril de 1982.
Editado pelo Grupo Juvenil de Linhaceira, cujos elementos mais velhos não ultrapassavam então os 16 anos de idade, e contando com o inestimável apoio técnico do Jorge Franco e do Miguel Garcia Lopes, o "Incógnita" era publicado em folhas A4 dobradas ao meio, impressas pelo método de stencil, um antepassado rudimentar da fotocópia. Tinha uma tiragem de 200 exemplares, que esgotou em todas as edições.