Prémio Literário A Escola incentiva o Autor Português

No Dia do Autor Português ganha maior relevância o Prémio Literário A Escola, que pretende servir, precisamente, para revelar novos autores nacionais, não estritamente escritores, mas também de outras áreas artísticas, dada a abrangência do regulamento.
O galardão criado no âmbito do Centenário das Escolas na Linhaceira tem vindo a ganhar um impacto notório, com o apoio de um conjunto de instituições de relevo cívico e cultural, de que se destacam os baluartes da democracia nacional: a Presidência da República, através do respectivo Museu, e a Assembleia da República, através da sua Editorial.
Mas não só. Casa Fernando Pessoa, Casa da Música, Fundação Engenheiro António de Almeida e Fundação do Oriente são outras entidades apoiantes, em paralelo com as editoras Companhia das Ilhas, Planeta Tangerina, Porto Editora, O Contador de Histórias e Terra de Linho, para além, naturalmente, dos quatro parceiros: Associação de Pais e Amigos das Escolas de Linhaceira, Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira, Junta de Freguesia de Asseiceira e Município de Tomar.
O regulamento do Prémio, que pode ser consultado aqui, indica que os concorrentes deverão escrever uma história em língua portuguesa que aborde o tema “A escola”. O texto (que pode incluir outras expressões artísticas, como ilustração, fotografia, banda desenhada, música, etc.) deverá ter no máximo 60 páginas A4. No mínimo, deverá ter 1 página no escalão Infantil (até aos 10 anos de idade), 3 páginas no Juvenil (dos 11 aos 17 anos) e 5 páginas no Adulto (a partir dos 18 anos). Podem concorrer todos os cidadãos portugueses, independentemente do país onde residam, e cidadãos estrangeiros residentes em Portugal.
O júri terá em conta a originalidade, qualidade literária e bom domínio da língua e atribuirá três categorias de prémios: Local (para autores nascidos ou residentes na freguesia de Asseiceira), Concelhia (para autores nascidos ou residentes no concelho de Tomar) e Nacional.



Comentários

Mensagens populares